21 de maio de 2015

Opinião - O Tribunal das Almas - Donato Carrisi


Título: O Tribunal das Almas
Autor: Donato Carrisi
Editora: Porto Editora

Sinopse:
Estava à tua procura. Encontrei-te.
És a pessoa certa...
Agora, mata!
Marcus é um homem sem passado. A sua especialidade: analisar as cenas de crime para reconhecer o Mal nos pequenos detalhes e solucionar homicídios aparentemente perfeitos. Há um ano, foi gravemente ferido e perdeu a memória. Hoje, é o único que poderá salvar uma jovem desaparecida. Este peculiar investigador enfrenta, porém, um desafio ainda maior: alguém está a usar o arquivo criminal da Igreja para revelar a verdade sobre crimes nunca oficialmente resolvidos. Assassinos são colocados perante os familiares das vítimas. Será, passado tanto tempo, saciado o desejo de vingança? Passarão os inocentes a culpados? Ou será, finalmente, feita justiça?

Opinião por Filipa Monteiro:
Não posso escrever o que quer que seja sobre este livro sem dizer que adoro o autor: Donato Carrisi. Este escritor é simplesmente um mestre da escrita. Tem apenas dois livros, mas, prevejo que terá muitos mais e sempre com grande sucesso. E eu cá estarei para ler cada um deles.
Com esta trama, conseguiu mais uma vez surpreender-me. É uma história intricada e que liga cada personagem à medida que se vai avançando na leitura. Um policial/thriller com muito conteúdo, muitas referências a Roma em séculos passados e aos seus frescos tão bem representados nas várias capelas e assim, Donato, cria a trama. O(s) mistério(s).
Começando pelo título do livro: "Tribunal das almas", que é a síntese de um lugar de justiça. Cristo, o único juiz, assistido pelos seus dois anjos, enquanto São Raimundo, o penitenciário, lhe expunha os casos. . . A referência a penitenciários é muito importante... é o ponto fulcral nesta história. Desconhecia o papel destes mas sabia que o maior registo criminal de SEMPRE se encontra no Vaticano. Uma informação a ter em conta.
Todo o livro se vai desvendando aos poucos, sendo que perto do final é revelado um dos grandes mistérios, mas no fim está a "Pièce de résistance"!
Se desconfiei de personagens? Sim. SIM! No entanto... fui apanhada de surpresa de ambas as vezes, ia de encontro ao que se revelaria como certo mas o autor atrapalhou-me e desconfiei das minhas desconfianças.
Num à-parte, digo ainda que o livro me fez vir à internet várias vezes para descobrir coisas que eram referidas, como por exemplo, o que é um lábio leporino. Como nota final, refiro apenas uma passagem: "Quando já não tens mais recursos a que apelar, a última coisa que te resta é a fé num Deus em que não acreditas."
ASSOMBROSO, EXCELENTE, INAUDITO, PORTENTOSO, SURPREENDENTE.
Quem gosta de thrillers... L-E-I-A-M.

1 comentário:

ana isabel disse...

Este livro é um dos meus preferidos, juntamente com o 1º livro de Carrisi, "O Sopro do Mal" :-)
Na verdade ele já escreveu 3 livros, o último foi lançado em Portugal há muito pouco tempo. Chama-se "A Hipótese do Mal" e é simplesmente fantástico! Devia dar uma espreitadela.

Beijinhos