27 de setembro de 2014

Opinião - A minha história com Bob

Título: A minha história com Bob
Autor: James Bowen, Garry Jenkins
Editora: Porto Editora

Sinopse:
Quando James Bowen encontra um gato alaranjado no prédio onde vive, não faz ideia do quanto a sua vida irá mudar. Lutando por sobreviver como músico de rua na cidade de Londres, a última coisa de que precisa é um animal de estimação. No entanto, incapaz de resistir ao animal doente, acolhe-o em sua casa. Quando Bob recupera a saúde, James deixa-o à porta do prédio, imaginando que nunca mais o voltará a ver. Todavia, Bob tinha outros planos. Dentro de pouco tempo, os dois tornam-se inseparáveis e as muitas aventuras que irão viver transformarão para sempre as suas vidas, curando lentamente as cicatrizes do passado atribulado de ambos.

Esta é a história de uma amizade improvável e de como um gato vadio irá ajudar um homem a recuperar a sua autoestima e dar-lhe uma nova esperança quando o resto do mundo lhe parecia ter fechado as portas.

Opinião por Filipa Monteiro:
Quando um gatinho meio adoentado aparece ao pé de nossa casa, ou neste caso específico, no nosso prédio, o que fazemos nós?
O que fazemos nós, quando, não temos uma situação financeira favorável ou sequer estamos totalmente bem psicológicamente?
James, teve que responder a estas perguntas e não poderia ter ficado mais agradavelmente satisfeito!

Bob, é um gatinho que aparece um dia sem anterior rasto no prédio de James, em mau estado; James, ao princípio pensou que se tratasse de um gatinho de algum vizinho dele, pois encontrava-se há pouco tempo naquela casa e tentou ajudá-lo nesse sentido. Revelou-se infrutífero, pois não pertencia a ninguém. James, então, levou-o para casa e tratou dele, mas mais tarde, quando ele melhorou tentou novamente arranjar-lhe uma solução pois não podia ficar com ele, quis o destino que, antes mesmo que ambos o soubessem, já pertenciam um ao outro. Bem. . . Bob já o sabia desde o início.

E assim está dado o mote para uma série de aventuras entre um ser humano e um gatinho. Um ser humano desgastado pela vida, que perdeu a confiança nela e um gatinho que procurava um dono e quem tratasse bem dele.

James, para mim, é um lutador e ensinou-me muita coisa numa linguagem super acessível e fácil, ensinou-me o que são preconceitos em relação a pessoas que ganham a vida na rua e ensinou-me que muito se pode fazer para dar uma reviravolta, sabendo o que todos sabemos ou devíamos saber, quando temos alguém do nosso lado, tudo se torna mais fácil, Bob, foi esse alguém.

Bob, ensina toda a gente que o lê que muito pode ele dar, muito podem os gatinhos retribuir, quem diz gatinhos, diz qualquer outro animal de estimação, Bob, ajuda James, fazendo com que ele se ajude ele próprio. É isso que os animais fazem. Eles têm o dom. Falo por experiência própria, pois ao longo da vida já tive muitos amiguinhos de quatro patas e outros com penas, que já me ensinaram muito e continuam a fazê-lo. Daí que digo sempre: Quem não conhece o amor de um animal, não sabe o que perde do que a vida pode dar. . .

Adorei Bob e todas as suas traquinices e amizade, desde roer sapatos e dar cabo de roupa, até aprender a fazer as suas necessidades de um modo. . . não muito natural para um gatinho, até, gostar de viajar de outro modo especial. . . através do ombro do dono. . .

É um livro pequenino, que se lê num instante. Recomendo a quem gosta de animais e a quem quer ler uma lição de vida. . .!

1 comentário:

ℒ ღ disse...

Li, gostei, recomendo! ;)