2 de abril de 2014

Opinião - Os Aromas do Verão

Título: Os Aromas do Verão
Editora: Porto Editora

Sinopse:
Esta é a história de Henry, Adele e Frank, e de um longo fim-de-semana que mudou as suas vidas. Henry é um rapaz de 13 anos, solitário, sem amigos, que passa a maior parte do tempo a ver televisão, a ler e a lidar com o despertar da sua sexualidade. As suas únicas companhias são a mãe, há muito divorciada, e Joe, um hamster; as suas únicas saídas são com o pai distante e a nova família deste, aos sábados à noite, para ir jantar. Apesar dos seus esforços, Henry sabe que não consegue fazer feliz a mãe, Adele, uma mulher emocionalmente frágil. Adele tem um segredo que a leva a refugiar-se em casa e que parece ter destruído a sua vida. 

Mas toda esta situação muda quando entra nas suas vidas Frank, um homem misterioso que se encontra ferido e pede ajuda a Henry. No longo fim-de-semana que passam juntos, Henry vai aprender algumas das lições mais valiosas da vida: a dor intensa do ciúme, o poder da traição e a importância de colocar os outros, principalmente os que amamos, acima de nós próprios. Vai aprender sobretudo que vale a pena esperar pelo verdadeiro amor.
Joyce Maynard, através de uma escrita poderosa, fala-nos do amor, da paixão, da vivência dolorosa da adolescência e da traição, através dos olhos de um rapaz de 13 anos - e do homem em que ele depois se tornou.
Adaptado ao cinema com o título Um Segredo do Passado

Opinião por Angelina Violante:
Confesso que estava um pouco de pé atrás por causa da sinopse que deixa algo a pairar no ar. Fiquei com medo que fosse algum livro sobre abusos ou maos tratos a crianças, mas a curiosidade levou a melhor e neste caso ainda bem.
Adorei a história, que se revelou muito melhor daquilo que esperava, afinal não há maus tratos nem abusos de ninguém, é simplesmente a história de um menino, que nos leva a pensar no tempo quando erámos crianças e na nossa inocência, pois a história é contada pelo menino.
É um daqueles livros que dá gosto ler, as personagens parecem reais, a história desenrola-se sem grandes preâmbulos, muito bom.

1 comentário:

ℒ ღ disse...

Também estava pé atrás com a sinopse, mas com uma opinião destas agora fiquei muito curiosa por ler este ;)