30 de abril de 2016

Novidade Clube do Autor | A Memória - David Baldacci


Sinopse:
Eis a história de um homem dotado de uma memória perfeita e perseguido por um crime sangrento. Ele não se consegue esquecer de nada – mas há uma noite que ele gostaria de apagar para sempre da sua mente… Ou então descobrir finalmente quem destruiu o seu mundo.

Novidades Topseller | The Empire - João Valente


Sinopse:
A música rock do século XXI acolheu na sua genealogia uma superbanda nascida de um acaso improvável. Quem foram os The Empire? Mário Andrade na voz e guitarra, Ricardo Gomes na guitarra, Tiago Gomes na bateria e Eddie Steppleton no baixo. Quatro amigos que se conheceram por acaso e que viveram um sonho invulgar. Uma banda portuguesa ignorada no seu país, mas que triunfou num dos mercados mais difíceis do mundo. E foram muito mais do que isso.
Dos momentos passados na loja de música Woodstock ao surgir das primeiras letras da banda. Da primeira demo, mal gravada num estúdio recôndito, ao contrato milionário com uma grande editora discográfica. Dos excessos e da dependência de drogas à maturidade e ao nascimento dos filhos.
Numa década, os The Empire venderam milhões de discos, ganharam legiões de fãs em todo o mundo e esgotaram centenas de salas de concertos. Tornaram-se aquilo que, enquanto adolescentes sonhadores, sempre quiseram ser: uma lenda.
João Valente conta-nos, numa escrita vívida, profundamente narrativa e apaixonante, a história romanceada destes quatro músicos que começaram, como tantos outros, por ser adolescentes de cabelo comprido, calças de ganga coçadas e t-shirts das bandas de rock preferidas.

Novidade Topseller | Perdida - Carina Rissi


Sinpose:
Sofia é uma jovem de 24 anos que vive numa grande cidade e está habituada à sua vida independente e moderna. Divertida, mas solitária, Sofia não acredita no amor, convencida de que os únicos romances Porém, após comprar um telemóvel novo, algo misterioso acontece e Sofia descobre que está perdida no século XIX, sem saber como ou se poderá voltar para sua casa, para o «seu» século. Enquanto tenta encontrar uma solução, é acolhida pela família Clarke, à qual, à medida que os dias passam, se afeiçoa cada vez mais.
Com a ajuda do prestável – e lindo – Ian Clarke, Sofia embarca numa busca frenética e acaba por encontrar pistas que talvez a ajudem a regressar à sua vida.
O que ela não sabe é que o seu coração tem outros planos, e que a ideia de deixar o século XIX pode vir a tornar-se angustiante...
da sua vida são aqueles que os livros lhe proporcionam.

29 de abril de 2016

Novidade Nascente | Cure os Seus Medos - Lissa Rankin


Sinopse:
A Dra. Lissa Rankin é médica, escritora bestseller do New York Times, oradora, artista, blogger e fundadora do Whole Health Medicine Institute.
O reconhecimento do seu importante trabalho reflete-se na presença em listas como: Huffington Post’s Top 16 Health Experts to Follow On Twitter, Top Ten U.S. Twitter Doctors, e Forbes.com 20 Inspiring Women To Follow On Twitter.
Numa combinação perfeita entre a medicina e a espiritualidade, a Dra. Lissa Rankin tem conseguido chegar a milhões de pessoas com as suas esclarecedoras e inspiradoras palavras, sobretudo em áreas tão debatidas hoje em dia como: a relação médico/cuidadores/paciente e o efeito placebo/ceticismo da comunidade médica.
Aprenda a usar a coragem como remédio para o corpo e para a alma.

Novidade Guerra e Paz | A Volta ao Mundo em 80 Dias - Júlio Verne

Sinopse:
Neste livro, Júlio Verne narra a tentativa de um cavalheiro inglês, Phileas Fogg, fazer uma viagem de circum-navegação à volta do mundo em 80 dias, acompanhado pelo seu criado francês, Jean Passepartout.
Phileas é um homem de hábitos firmes. Todos os dias acorda às 8h da manhã, todos os dias faz a barba às 9h37 e sai, a seguir, em direcção ao clube onde vai ler o jornal. Só uma aposta obstinada e desmesurada o levaria a mudar de hábitos. Phileas aposta com os outros cavalheiros do clube que é capaz de dar a volta ao mundo em apenas 80 dias. Com A Volta ao Mundo em Oitenta Dias, o êxito foi absoluto e imediato. Foi publicado em 1873, em folhetins, que eram avidamente procurados pelos leitores. Os correspondentes dos principais jornais europeus e dos Estados Unidos em Paris acompanhavam a aventura do fleumático cavalheiro como se se tratasse de alguém real. O entusiasmo foi tal, que houve companhias de navegação que ofereceram fortunas para que as personagens fizessem a última etapa num dos seus navios.

Vetusta no palco NOS do NOS Alive'16


O NOS Alive conta com mais uma confirmação de peso para dia 09 de julho. A banda de maior sucesso do rock alternativo em Espanha atua dia 09 de julho no Palco NOS, com um concerto único em Portugal.
Num ano de transição, em que os Vetusta Morla realizarão apenas cinco concertos em Espanha, em junho e julho, antes de entrarem em estúdio para gravar o novo disco, a banda de Madrid não esquece os fãs portugueses e apresenta-se em Lisboa para a 10.ª edição do NOS Alive.
O grupo traz à capital um espetáculo que fez história na Europa e na América do Sul e que resultou na edição do disco duplo ao vivo, “15151”, no final do ano passado. Independentes artística e comercialmente, os Vetusta Morla são uma referência do do-it-yourself e ao vivo conquistam com energia e emoção esgotando com antecedência as salas por onde passam.
Os Vetusta Morla são Pucho (voz), Juan Manuel Latorre (guitarra), Guillermo Galván (guitarra), Álvaro B. Baglietto (baixo), David García "el Indio" (bateria) e Jorge González (percussão).

Opinião – “Suburra” de Stefano Solima


Sinopse


Conhecido como Samurai, um gangster deseja transformar a orla de uma pequena cidade perto de Roma numa nova Atlantic City repleta de assassinos. Um político corrupto apaixonado por prostitutas e cocaína protege o criminoso com a ajuda de um influente cardeal. Os chefes da máfia local concordam com o projecto e trabalham para esse objectivo em comum, porém uma guerra entre gangues parece acabar com os futuros sonhos de Samurai.

Opinião por Artur Neves

Não constitui surpresa para ninguém os contornos obscuros da santa aliança entre o dinheiro, a política e o clero que se reflectem nesta história passada em Roma no tempo presente, durante a convulsão política do último governo de Sílvio Berlusconi baseado no romance homónimo de Giancarlo de Cataldo, juiz de profissão além de escritor e Carlo Bonini, jornalista de investigação e escritor reconhecido por várias obras. Por tudo isto, somado com a experiencia de Stefano Solima em filmes e série sobra a Máfia só poderia resultar no excelente resultado que vos trago hoje e que desde já recomendo.
A acção desenvolve-se na pompa e no luxo da prostituição fina ao serviço da classe dominante, bem como no submundo do tráfico de droga e da marginalidade social, em que os últimos servem os primeiros, com eles se envolvem e até os dominam e controlam para atingir os seus objectivos a qualquer preço.
Nesta história não há heróis, todos estão mergulhados no mesmo caldo espesso da traficância e na concupiscência que relatos anteriores já nos testemunharam das décadas de 60 e 70 na Itália contemporânea. Todos os personagens transmitem uma gritante falta de ideais nobres, de esperança ou de soluções para os dramas quotidianos que vivem, não se importando sequer em denunciá-los mas somente em vivê-los e obter as suas vantagens da melhor maneira possível.
Tudo o que os motiva é o dinheiro e o poder, transversalmente por todas as classes envolvidas que Solima filma sem rodeios, sem falhas de continuidade, nem omissões, nunca defraudando o espectador nem criando dificuldades para a compreensão da história que decorre num tempo diluviano, sob um céu cor de chumbo, mas ainda assim insuficiente para lavar a ignomínia e os negócios escuros entre deputados parlamentares influentes mas corruptos, famílias mafiosas rivais, empresários da noite e o clero, representado por um dos seus membros sem escrúpulos nem decência.
Tudo se passa enquanto chove copiosamente lembrando o ambiente de “Seven” e criando uma progressiva degradação recheada de ameaças, assassínios, chantagem, raptos à luz do dia, construindo um suspense denso e credível que nos prende durante todo o tempo e justifica a minha recomendação, como sendo um dos melhores filmes que ultimamente tenho visto. O tema da história pode não agradar a todos, reconheço… mas contra isso não tenho solução.
Classificação: 8,5 numa escala de 10

28 de abril de 2016

Novidade Topseller | A Rapariga No Comboio




A Rapariga no Comboio, editado pela Topseller, foi o livro sensação de 2015 em todo o mundo. Segundo dados GFK, foi o livro mais vendido em Portugal o ano passado, somando já 15 edições - 78 mil exemplares editados em apenas nove meses. No início do ano, atingiu a fantástica marca de 10 milhões de livros vendidos em todo o mundo.

A história, recheada de suspense, cativou de imediato o interesse do mundo cinematográfico e o resultado chega às salas de cinema nacionais em outubro. À semelhança do livro, as filmagens estiveram envolvidas em bastante mistério, uma vez que pouco se soube da rodagem do filme e poucas foram as imagens que passaram para o exterior.

A seis meses da estreia de um dos mais aguardados filmes do ano, os muitos milhões de leitores do livro de Paula Hawinks puderam finalmente​ satisfazer a curiosidade sobre a adaptação da obra ao grande ecrã. A Universal Pictures divulgou o primeiro trailer de A Rapariga no Comboio, filme realizado por Tate Taylor e​ com Emily Blunt no papel principal (Rachel).  

O trailer do filme já está disponível, aqui.

Haley Bennett, Luke Evans, Rebecca Ferguson, Laura Prepon, Edgar Ramírez, Allison Janney, Justin Theroux e Lisa Kudrow, são alguns dos conhecidos actores que fazem parte do elenco de A Rapariga no Comboio.


​ 
A HISTÓRIA

O livro que vai mudar para sempre o modo como vemos a vida dos outros.
Todos os dias, Rachel apanha o comboio... No caminho para o trabalho, ela observa sempre as mesmas casas durante a sua viagem. Numa das casas ela observa sempre o mesmo casal, ao qual ela atribui nomes e vidas imaginárias. Aos olhos de Rachel, o casal tem uma vida perfeita, quase igual à que ela perdeu recentemente.
Até que um dia... Rachel assiste a algo errado com o casal... É uma imagem rápida, mas suficiente para a deixar perturbada. Não querendo guardar segredo do que viu, Rachel fala com a polícia. A partir daqui, ela torna-se parte integrante de uma sucessão vertiginosa de acontecimentos, afetando as vidas de todos os envolvidos.
 
De leitura compulsiva, este é o thriller do momento, absorvente, perturbador e arrepiante.

Sobre a Autora:
Paula Hawkins foi jornalista na área financeira durante quinze anos, antes de se dedicar inteiramente à escrita de ficção. Nascida e criada no Zimbabué, mudou-se para Londres em 1989, onde vive atualmente. A Rapariga no Comboio tornou-se imediatamente um verdadeiro fenómeno mundial, com mais de 2 milhões de livros vendidos em apenas 3 meses, 10 milhões no espaço de um ano.

Opinião – “A Lagosta” de Yorgos Lanthimos


Sinopse

A Lagosta é uma história de amor passada num futuro distópico, no qual todas as pessoas solteiras, segundo as regras da cidade, são presas e transferidas para um hotel, onde têm a obrigação de encontrar um parceiro em 45 dias.
Quem falhar é transformado num animal à sua escolha e libertado na floresta.
Um homem desesperado foge do hotel para a floresta onde os solitários vivem e apaixona-se, embora seja contra as regras impostas por estes.

Um filme único do realizador Yorgos Lanthimos, com Colin Farrell, Rachel Wise, Lea Seydoux, Jonh C. Reilly e Olivia Colman, vencedor do prémio do Júri do Festival de Cannes, 2015.

Opinião por Artur Neves

Yorgos Lanthimos, um realizador Grego nascido em 1973, já nos tinha presenteado em 2009 com o filme “Canino” (Kynodontas no original) que nos remetia para um caso extremo de submissão de pessoas aos seus parentes mais próximos, através da coabitação, mantida isolada sem comunicação com o mundo exterior nem com a evolução deste.
Desta vez Yorgos amplia este conceito de vivência ímpar, embora noutro sentido, e simula a existência duma sociedade autocrática em que as pessoas são forçadas a viver aos pares, de qualquer natureza, mas em companhia de outro ser da mesma espécie, para o qual tem de ser encontrada uma afinidade que justifique e fixe aquela ligação, como condição única para o par atingir a felicidade completa, agora e para sempre.
Não se pense porém que só o amor serve o propósito, pois são admitidas ligações de diversas ordens para atingir o objectivo imposto pela comunidade limitando a vontade individual e o livre arbítrio de tomar em mãos próprias o destino particular de cada pessoa.
Esta organização gera uma complexa teia de conflitos individuais e sociais, puníveis pelo poder instalado, que gera os marginais, leia-se; os solteiros, ou os que tomam como opção viverem solitários, que clandestinamente se organizam em estruturas tão complexas como aquelas que combatem. Na sua essência a espécie humana é de cariz social, desenvolve afectos e tem carências desses mesmos afectos que subvertem os sistemas que não os incluem. O amor, a entreajuda, a amizade brotam nos sítios e pelos motivos mais improváveis, bem como todos os outros sentimentos inspirados na exclusão, na dúvida e no despeito que conduzem esta história a um desfecho trágico.
O exercício proposto por Yorgos Lanthimos é assim estranho mas interessante, baseado num modelo em que o formal é mais importante que o real e nos confronta com a distopia de uma sociedade formada ao contrário, sem esperança nem futuro, pois o desígnio individual está traçado à partida. Recomendo o seu visionamento, para entre a surpresa do conceito e o sorriso ligeiro em situações caricatas, percorrermos a simulação de uma filosofia que certamente não desejamos.
Classificação: 7 numa escala de 10

27 de abril de 2016

Novidades Marcador | A Linguagem Secreta das Irmãs - Luanne Rice / Dançando sobre Vidro - Ka Hancock


A LINGUAGEM SECRETA DAS IRMÃS 
LUANNE RICE
Quando a vida muda num segundo, só nos resta o amor incondicional

Quando Ruth Ann (Roo) McCabe, ao volante do seu carro, responde a uma mensagem de texto, no telefone, a sua vida, tal como era até então, termina. O carro capota e Roo acaba numa cama de hospital, paralisada. Silenciosa. Todos pensam que está em coma, mas Roo tem síndrome de encarceramento – consegue ver, ouvir e compreender tudo à sua volta, mas ninguém sabe. Mathilda (Tilly) é a irmã de Roo e a sua melhor amiga. Foi ela quem enviou a mensagem de texto a Roo e, inadvertidamente, causou o acidente. Tilly tem agora de lidar com a sua culpa avassaladora e com os seus sentimentos crescentes pelo namorado de Roo, Newton – a única pessoa que parece perceber aquilo que Tilly está a passar. Mas Tilly pode ser a única pessoa capaz de resolver o mistério da situação da sua irmã – aquela que consegue ver a verdade através do silêncio de Roo. 

«Luanne Rice seduziu milhões de leitores.» USA Today

Sobre a Autora:
LUANNE RICE é autora bestseller do The New York Times com vários livros para adultos. Contam-se já mais de vinte e dois milhões de cópias impressas das suas obras por todo o mundo, e cinco delas foram adaptadas a telefilmes e a minisséries televisivas. «A Linguagem Secreta das Irmãs» é a sua estreia no género Juvenil. Luanne divide o seu tempo entre Nova Iorque, o Connecticut e o Sul da Califórnia. 
Visite a página da autora na Internet em: www.luannerice.net.

___________
DANÇANDO SOBRE VIDRO 
KA HANCOCK
O melhor tipo de amor é aquele que segue as próprias regras... poderá o casamento sobreviver a um amor impossível?

Dançando sobre Vidro ilustra na perfeição o poder do amor. É uma história de grande intensidade e que nos oferece um olhar intimo sobre uma relação bela, repentinamente afetada pela doença. Sendo o retrato cru de um casamento que é simultaneamente comum e incomum, ilustra também, na perfeição, o poder do amor e leva-nos numa viagem inesquecível. 

«A estreia de Ka Hancock leva-nos às lágrimas… uma história íntima e tocante que vai permanecer no coração dos leitores.» Publishers Weekly

Sobre a Autora:
KA HANCOCK tem dois cursos de enfermagem e passou grande parte da sua carreira a trabalhar com pacientes psiquiátricos e de abuso de substâncias químicas. Vive em Salt Lake City com o marido e tem quatro filhos. Dançando sobre Vidro é a sua estreia literária. Ka nasceu e cresceu no Utah na sombra das montanhas mais deslumbrantes à face da Terra. A par de cuidar da família, estudar, trabalhar e tratar da roupa, ela conseguiu escrever um livro que nos oferece um olhar intimo sobre um amor imperfeito, a perda e o transtorno bipolar. A fé inabalável que ela tem na tenacidade do espírito humano brilha na sua estreia com Dançando sobre Vidro.

Opinião - "O Profeta" de Roger Allers


Sinopse:
“O Profeta” é um filme de animação escrito e realizado por Roger Allers (“O Rei Leão”). Conta na versão original com as vozes de Salma Hayek, que co-produziu o filme e deu voz a Kamila, mãe de Almitra, Liam Neeson (Mustafa), John Krasinski, Alfred Molina, Frank Langella e Quvenzhané Wallis (Almitra). A banda sonora é composta pelo já oscarizado Gabriel Yared com as colaborações de Damien Rice, Glen Hansard, Lisa Hannigan e Yo-Yo Ma.
O filme conta a história de Mustafa, um prisioneiro político que, por acaso do destino, conhece uma menina traquinas de oito anos, Almitra, na ilha fictícia de Orfalés. Ele partilha com ela a sua sabedoria e os seus poemas, através de oito histórias com mensagens de paz, amor, amizade e fraternidade.
 
Opinião por Marta Nogueira
"O Profeta" é mais um projecto apaixonado da actriz, realizadora e produtora Salma Hayek. Desta vez como produtora, Salma reuniu à sua volta uma equipa de vários realizadores para oferecer ao público um filme de animação único e muito diferente daquilo a que estamos habituados.
"O Profeta" é baseado no livro do mesmo nome do afamado escritor libanês Kahlil Gibran que escreveu este conjunto de pequenos poemas e parábolas no início do século XX, tendo sido traduzido para inúmeras línguas e nunca deixando de ser impresso ao longo de todas estas décadas. A história do filme segue em linhas gerais o original, embora tenha sido ligeiramente alterada para atrair a um público mais generalista e, sobretudo, às crianças - muito resumidamente trata de um profeta, Mustafa, que se encontra detido como prisioneiro político e que vai finalmente ser libertado para regressar ao seu país, mas que antes de partir definitivamente encontra várias pessoas e enceta algumas conversas com elas sobre os mais variados temas da vida. Essas pequenas histórias que são pequenas parábolas ou lições de vida cheias de sabedoria, são contadas por diferentes realizadores, neste caso foram escolhidas 8 das 26 presentes no livro para reunir em filme. Foram também por isso 8 os artistas escolhidos para ilustrarem cada uma das histórias, conduzidos por Roger Allers:
- Michal Socha para a "Liberdade"
- Nina Paley para as "Crianças"
- Joann Sfar para o "Casamento"
- Joan C. Gratz para o "Trabalho"
- Bill Plympton para "Beber e Comer"
- Tomm Moore para o "Amor"
- Mohammed Saeed Harib para "Bondade e Maldade"
- Paul e Gaetan Brizzi para a "Morte"
Desta forma Hayek consegue um filme de animação que não passa despercebido e que se destaca claramente da concorrência proveniente dos grandes estúdios norte-americanos. "O Profeta" é muito mais do que um mero filme de animação, é um produto artístico de uma riqueza extraordinária, que combina a sétima arte com a animação, a ilustração e a poesia de conteúdos, da sua interpretação pelos diferentes artistas colaboradores do projecto e das palavras. Uma obra que vale a pena espreitar, ainda para mais porque nos oferece (e certamente que a intenção também foi essa), uma verdadeira lição de história sobre uma cultura riquíssima, a muçulmana, tão mal servida na actualidade pelos fundamentalistas que cada vez mais pululam por esse mundo fora. Tal como as diversas artes que combina, "O Profeta" é também composto por diversas camadas, como uma cebola que se pode ir descascando ao longo da vida, para serem reveladas por diferentes públicos, diferentes gerações e diferentes pessoas. Há um interesse específico para cada um de nós e é isso que torna este filme uma verdadeira peça de arte muitíssimo apelativa e interessante.

26 de abril de 2016

Novidade Quinta Essência | Obstinada - Sylvia Day / As Piores Intenções - Elizabeth Hoyt



Obstinada, de Sylvia Day
Até onde vai o desejo de um homem...

Como agente da Coroa, Marcus Ashford, conde de Westfield, travou inúmeras lutas de espada, foi baleado duas vezes e esquivou-se a muitos tiros de canhão. E, no entanto, nada o excita mais do que a fome primitiva que a sua ex-noiva, Elizabeth, desperta nele. Anos antes, ela trocou-o pelo jovem e inexperiente Lorde Hawthorne. Agora, cabe a Marcus defender a elegante viúva, e ele irá fazê-lo enquanto trata das outras necessidades dela, mais carnais, mostrando-lhe a profundidade do desejo de um verdadeiro homem...
Segredos perigosos conduziram ao homicídio do marido de Lady Hawthorne, segredos anotados num diário que muitos matariam para possuir. Mas confiar a sua proteção ao homem mais sedutor que ela já conheceu? Ultrajante. Impensável. Irresistível. Pois foram as paixões fortes e o desejo ardente de Marcus que a assustaram e a levaram a abandoná-lo anos atrás... No entanto, o seu desejo por ele nunca diminuiu. Agora, ele quer estar ao seu serviço, em todos os sentidos. E talvez a atitude mais sensata seja não resistir à tentação, mas entregar-se a ela completamente... 

Informação sobre a autora:
Sylvia Day escreveu mais de 20 romances premia dos traduzidos em mais de 40 países. Com dezenas de milhões de cópias de livros impressos, é bestseller em 23 países.Os seus livros entre os 10 livros mais vendidos de 2012 e 2013, tornando-a uma das autoras mais lidas do mundo. Foi nomeada para o Prémio Goodreads Choice Award para Melhor Autora e o seu trabalho foi homenageado pela Amazon como Melhor do Ano na categoria romance. A sua série Crossfira foi adptada para televisão pela Lionsgate. 

__________

As Piores Intenções, Elizabeth Hoyt
Um jogo perigoso que ningém pode recusar...
Série: Maiden Lane - volume 1

Famoso pelos seus desejos selvagem e sensuais, Lazarus Huntington, Lorde Caire, anda à procura de um assassino cruel em St. Giles, o bairro da lata mais famoso de Londres. A viúva Temperance Dews conhece St. Giles como a palma da mão - passou a maior parte da vida a cuidar dos seus habitantes no lar de órfãos que a sua família estabeleceu. Agora essa casa está em risco.
Caire faz uma oferta simples: em troca da ajuda de Temperance para navegar os becos perigosos de St. Giles, ele irá apresentá-la à alta sociedade de Londres para que ela possa encontrar um benfeitor para o lar. Mas Temperance pode não ser tão inocente como parece, e o que começa por ser um calculismo frio em breve se transforma numa paixão que nenhum deles pode controlar – e que pode muito bem destruir ambos.

Informação sobre a autora:
Elizabeth Hoyt nasceu em Nova Orleães, onde a família da mãe vive há várias gerações, mas foi criada nos invernos gélidos de St. Paul, Minnesota. Quando era pequena a família viajou muito na Grã-Bretanha, passando um verão em St. Andrews, na Escócia, e um ano em Oxford. Tem uma licenciatura em Antropologia pela Universidade de Winsconsin, Madison. Winsconsin foi também o local onde conheceu o marido, arqueólogo - numa escavação num campo de milho - e vivem no centro de Illinois, com os seus dois filhos, três cães e um jardim que ela cuida com entusiasmo.

25 de abril de 2016

Novidade Guerra e Paz | O Pequeno Livro Vermelho - Mao Tsé-Tung



O Pequeno Livro Vermelho - Mao Tsé-Tung

Este livro andou nas mãos de milhões de seres humanos: da China à Europa, de acontecimentos histórico míticos como o Maio de 68 a filmes de Jean-Luc Godard, das mãos dos operários e militares chineses, em Pequim, às mãos do estudantes de Direito do MRPP, em Lisboa. Visto como um livro libertador, que poria em causa todo o poder – «Bombardeiem o Quartel-General» era o apelo de Mao – o que na sua construção aforística se esconde é o mais exacerbado culto da personalidade. Fanatismo, tortura, repressão da mais ínfima liberdade de pensamento, e um milhão de mortos, é o balanço que a China faz da influência deste livro. Nele vem desaguar toda a história do comunismo chinês, um comunismo que foi, desde o seu começo, furiosamente estatal e impiedosamente repressivo. 

O Pequeno Livro Vermelho é precedido por um estudo de Manuel S. Fonseca: Violência, Fome e Reeducação na China de Mao. Edição profusamente ilustrada.

Passatempo Cinema - O nosso milagre

A D'Magia em parceria com a Big Picture Films tem para oferecer 20 convites duplos para a antestreia do filme "O nosso milagre", dia 4 de Maio, às 21.30h:

Lisboa – Cinema UCI El Corte Ingles10 convites duplos
Porto - Cinema NOS Mar Shopping 10 convites duplos

Sinopse: 
O NOSSO MILAGRE é baseado na incrível história verídica da familia Beam. Quando Cristy (Jennifer Garner) descobre que Anna, a sua filha de 10 anos, tem uma doença rara e incurável, torna-se na sua mais feroz defensora, procurando incansavelmente uma cura para sua filha. Após um bizarro incidente com Anna, ocorre um milagre extraordinário após o seu dramático salvamento que deixa os especialistas em medicina estupefatos, a familia com a sua fé reforçada e inspira toda a comunidade.

Para te habilitares a ser um dos vencedores só tens de responder às seguintes perguntas:
- Este filme é baseada na história de que familia?
- Quem interpreta Cristy?

Caso nos sigas nas nossas outras plataformas, a tua participação conta como mais uma por cada plataforma em que nos seguires. Basta nos referires na tua participação o teu nome de seguidor em cada uma delas. As nossas plataformas são: 

Blog D'Magia LifeStyle / Inconfidências de Pedaços Rasgados de Memória - https://www.pedacosrasgadosdememoria.blogspot.com

Regras do passatempo:
1) Enviar a resposta para literatura@dmagia.net indicando: Nome Completo, Número de BI ou CC, Nome de Fã no Facebook e Nome de Seguidor no Blog
2) O assunto do email deverá ter a menção O nosso milagre + Localidade Pretendida (Lisboa/Porto)
3) Só é válida uma participação por pessoa/e-mail.
4) É obrigatório seres nosso Fã no Facebook e Seguidor no Blog.
5) O passatempo é válido até às 23:59 de dia 1 de Maio
6) Os vencedores serão apurados através de um sorteio via random.
7) Os vencedores avisados através de email.

24 de abril de 2016

Novidade Elsinore | Debate - Vozes de Chernobyl

A Elsinore assinala os 30 anos do desastre de Chernobyl - Dia 26 de abril, às 18h30, FNAC Chiado

Novidade Marcador | A mãe é que sabe

 a mãe é que sabe: como sobreviver aos primeiros 2 anos

A mãe é que sabe, e se há alguém que tem de meter isso na cabeça, são as mães. Produto de um blogue criado com muito amor, este livro que pretende ser a melhor amiga de quem esteja a passar pela maternidade.
Mais do que uma ida à esteticista, o que toda a mãe precisa, ainda para mais nos primeiros tempos, é de se sentir compreendida, acompanhada e confiante.
Neste livro as autoras contam-nos, de uma forma bastante divertida, como sobrevivem aos primeiros dois anos das suas bebés. Conselhos, opiniões e desabafos que lhes saem do coração. 

Sobre as Autoras:
JOANA PAIXÃO BRÁS acima de tudo, mãe. Neste momento uma mãe bem grande, com uma filha que adora dizer «cocó malcheiroso» e outra que está no forno. É scalabitana, licenciada, trabalha em televisão, é voz off de um canal e blogger. Tem 29 anos e, pelo menos até aos 89, tem esperança de que o namorado a peça em casamento. Romântica e lamechas que até enjoa, adora viver e todos esses clichés de quem é feliz. 
 JOANA GAMA nascida e criada. Licenciada. Fez e faz de tudo um pouco para chamar a atenção (rádio, televisão, stand-up comedy, comédia de improviso, piercings a mais nas orelhas e até desenvolveu com o tempo uma ligeira deficiência na fala), mas chegou à conclusão de que ter um filho seria provavelmente o que mais a preencheria, literalmente também na fase de incubação. É uma mulher. Para já.

Passatempo Cinema - Anjos e Sombras

A D'Magia em parceria com a Lanterna de Pedra tem para oferecer 10 convites duplos para a antestreia do filme "Anjos e Sombras", dia 4 de Maio, às 21.30h:

Lisboa – Cinema City Alegro Alfragide10 convites duplos

Sinopse: 
Scotty Galban (Keany Reeves) é um detective na cidade de Nova Iorque que investiga o trágico homicídio do seu parceiro de trabalho. O caso acabará por revelar uma corrupção policial perturbadora e um segredo surpreendente envolvendo Isabel de La Cruz (Ana de Armas), uma jovem profundamente religiosa que experiencia estranhas ocorrências místicas.

Para te habilitares a ser um dos vencedores só tens de responder às seguintes perguntas:
- Quem interpreta Scotty Galban?
- Qual a profissão de Scotty?

Caso nos sigas nas nossas outras plataformas, a tua participação conta como mais uma por cada plataforma em que nos seguires. Basta nos referires na tua participação o teu nome de seguidor em cada uma delas. As nossas plataformas são: 

Blog D'Magia LifeStyle / Inconfidências de Pedaços Rasgados de Memória - https://www.pedacosrasgadosdememoria.blogspot.com

Regras do passatempo:
1) Enviar a resposta para literatura@dmagia.net indicando: Nome Completo, Número de BI ou CC, Nome de Fã no Facebook e Nome de Seguidor no Blog
2) O assunto do email deverá ter a menção Anjos e Sombras + Localidade Pretendida (Lisboa/Porto)
3) Só é válida uma participação por pessoa/e-mail.
4) É obrigatório seres nosso Fã no Facebook e Seguidor no Blog.
5) O passatempo é válido até às 23:59 de dia 1 de Maio
6) Os vencedores serão apurados através de um sorteio via random.
7) Os vencedores avisados através de email.

23 de abril de 2016

Novidade Bertrand | Escondi a Minha Voz - Parinoush Saniee




Escondi a minha Voz
Parinoush Saniee

Escondi a minha voz é o segundo título de Parinoush Saniee com a Bertrand Editora e chega às livrarias dia 22 de abril. É desta autora o célebre O Livro do Destino, traduzido em mais de duas dezenas de idiomas e que mereceu eco em vários jornais de renome, como o The Guardian. Em Portugal este título esgotou.
O Irão, país de nascimento da autora e onde os seus livros foram alvo de censura, volta a estar como cenário de fundo nesta comovente história sobre um menino diferente. Escrito numa narrativa fluida, em que cada personagem é, à sua própria maneira, vítima de uma vida que talvez não fosse exatamente a que esperava viver.
Escondi a minha voz é baseado em factos verídicos. Esta é uma história que faz um retrato do Irão atual através do olhar de um menino e das suas relações familiares, no qual é realçada a dimensão humana e social daquele país do Médio Oriente.
Porém, o drama das emoções vividas pelas personagens ultrapassa as barreiras geográficas. Uma história em que as vozes narrativas alternam entre o menino,Shahab Jun, e a sua mãe. A importância de educar, dar amor eatenção às crianças desde os seus primeiros anos de vida, de modo a minimizar as cicatrizes que estas transportarão ao longo da sua vida, a falta de compreensão de saber lidar com uma criança diferente e as expetativas depositadas pelos pais nos seus filhos são temas presentes neste livro.
 

Sobre a autora:
Parinoush Saniee é socióloga e psicóloga. Dirigiu o Departamento de Investigação do Ministério da Educação Vocacional e Técnica do Irão. É autora de vários romances, entre os quais O Livro do Destino e Escondi a Minha Voz, ambos recebidos internacionalmente com grande entusiasmo. Outros títulos da autora aguardam aprovação da censura no seu país de origem.

22 de abril de 2016

Novidade Castor de Papel | Paixão pela Vida - Osho




PAIXÃO PELA VIDA
Reflexões sobre Assim falava Zaratustra de Friedrich Nietzsche
Osho


Nietzsche, OSHO, Zoroaster – três gigantes do pensamento, numa obra de incomparável valor. Neste livro OSHO interpreta com audácia a principal obra de Friedrich Nietzsche, Assim Falava Zaratustra.

OSHO, místico e cientista, um espírito rebelde a quem só interessava alertar a Humanidade para a necessidade urgente de descobrir um novo caminho para melhorar a vida dos seus milhões de seguidores. Distinguido pela sua contribuição revolucionária para esta transformação e caminho da paz interior, OSHO divulgou o seu pensamento em centenas de palestras, as quais serviram para a edição de mais de 400 obras, editadas em muitas dezenas de idiomas, que atingiram números astronómicos de tiragens desde a década de 70 até aos dias de hoje.

A placa sobre as suas cinzas diz que ele nunca nasceu, nunca morreu, apenas habitou este planeta Terra entre 1931 e 1990.

21 de abril de 2016

Passatempo Cinema - Tempo Limite

A D'Magia em parceria com a Nos Audiovisuais tem para oferecer 20 convites duplos para a antestreia do filme "Tempo Limite", dia 26 de Abril, às 21.30h:

Lisboa – Cinema NOS Colombo 10 convites duplos
Porto - Cinema NOS Norte Shopping 10 convites duplos

Sinopse: 
Nick Barrow (Vince Vaughn) planeia e vende assaltos a quem paga mais. Mas quando o seu ultimo golpe corre terrivelmente mal e o filho do líder de um cartel de drogas (William Levy ) é assassinado, Nick começa a ser perseguido pelo líder do cartel, Viktor Vasquez (JORDI MOLLA).
Para limpar o seu nome, Nick é obrigado a denunciar os polícias corruptos que cometeram o crime (Bill Paxton, Mike Epps, Shea Whigham).
Com o Cartel e os polícias no seu encalce, e para o caso de não conseguir salvar-se, Nick faz a única coisa que lhe ocorre para ajudar a sua filha Cate (Hailee Steinfeld): um seguro de vida de milhões de dólares sobre si mesmo, tendo a filha como beneficiário. No entanto, o seguro só entra em vigor depois de passarem 21 dias e agora os seus inimigos mantêm também Cate por perto.
Nick vê-se assim forçado a levar a filha na sua fuga, de forma a ambos se manterem vivos, enquanto tenta ser pai pela primeira vez. E o relacionamento com a sua filha poderá só por si matá-lo!

Estreia dia 28 de Abril

Para te habilitares a ser um dos vencedores só tens de responder às seguintes perguntas:

- O que faz Nick Barrow?
- Quem interpreta Cate?

Caso nos sigas nas nossas outras plataformas, a tua participação conta como mais uma por cada plataforma em que nos seguires. Basta nos referires na tua participação o teu nome de seguidor em cada uma delas. As nossas plataformas são: 

Blog D'Magia LifeStyle / Inconfidências de Pedaços Rasgados de Memória - https://www.pedacosrasgadosdememoria.blogspot.com

Regras do passatempo:
1) Enviar a resposta para literatura@dmagia.net indicando: Nome Completo, Número de BI ou CC, Nome de Fã no Facebook e Nome de Seguidor no Blog
2) O assunto do email deverá ter a menção Tempo Limite + Localidade Pretendida (Lisboa/Porto)
3) Só é válida uma participação por pessoa/e-mail.
4) É obrigatório seres nosso Fã no Facebook e Seguidor no Blog.
5) O passatempo é válido até às 23:59 de dia 24 de Abril
6) Os vencedores serão apurados através de um sorteio via random.
7) Os vencedores avisados através de email.

Museu do Oriente | 8º Aniversário



1 a 8 de Maio

Museu do Oriente celebra 8º aniversário com semana de actividades gratuitas


Cinema, música, ateliês e visitas

Inaugurado a 8 de Maio de 2008, o Museu do Oriente celebra o 8º aniversário com um programa comemorativo, inteiramente gratuito, de 1 a 8 de Maio. Para públicos de todas as idades e interesses, as actividades incluem concertos, demonstrações, ateliês para famílias, visitas comentadas, conferências e um ciclo de filmes, entre outras.

Apostando na diversidade e numa dinâmica participativa, o objectivo é proporcionar oportunidades de descoberta e experiência das várias culturas representadas no Museu do Oriente, numa atmosfera festiva e de partilha. Assim, as mais de trinta actividades programadas levam os participantes num périplo com passagem pela Indonésia, através das melodias do gamelão de Java para ouvir e tocar; pela China da dinastia Ming e da cerimónia do chá zen, para assistir ao vivo comentada por um monge budista; pelo Japão ancestral dos samurais e da arte marcial do Iaido; pela Índia, nos acordes do sitar ou dos movimentos de uma bailarina Bharatanatyam que nos surpreenderá nas salas do Museu.

Esta diversidade espelha ainda as vertentes complementares da actuação do Museu que, desde a sua abertura, articula exposições, artes performativas e actividades de cariz formativo e educativo, em torno da missão de comunicar a herança das relações entre Portugal e a Ásia, ao longo de cinco séculos.

Para dar a conhecer este projecto em detalhe, terão ainda lugar a conferência “Museu do Oriente: visão, colecção e construção” [1 Maio, 17.30] e a visita “Kwok On: uma colecção viva” [1 Maio, 15.00], que passa pelas reservas, espaço raramente aberto ao público.

Os dias mais intensos do programa, onde se concentra o maior número de actividades, são também de entrada gratuita no Museu: domingos, 1 e 8 de Maio.
Durante a semana destacam-se “As Relações Humanas”, ciclo de filmes japoneses da actualidade, inéditos em Portugal [2 a 5 Maio], e o concerto “Sinfonia de Dialetos com Música Oriental” [6 Maio].

As celebrações do 8º aniversário do Museu do Oriente inspiram-se na crença chinesa em torno do oito, considerado um número de sorte, prosperidade e sucesso. Com este programa comemorativo, o Museu partilha os bons auspícios da data com os visitantes, que poderão participar no “Mural dos Desejos”, uma instalação feita de pequenas placas decoradas, onde cada pessoa poderá formular o seu desejo.

No dia 8 de Maio, os visitantes dispõem ainda de um serviço especial gratuito de Tuk Tuk de e para o Museu. O percurso faz-se entre a Praça do Comércio e Belém, com paragem no Museu em ambos os sentidos. O veículo, da 2 bee tours, pode ser identificado pela decoração exterior.