31 de julho de 2015

Opinião - Afonso Henriques O Homem - Cristina Torrão


Título: Afonso Henriques O Homem
Autora: Cristina Torrão
Editora: Ésquilo

Sinopse:
Neste romance inovador sobre o reifundador de Portugal, Afonso Henriques é descrito na sua faceta humana, de uma maneira nunca antes focada. A autora neste romance biográfico, consegue mostrar a essência do líder que, em conjunto com uma elite de guerreiros, estrategas e místicos, criou um espaço bem peculiar no contexto europeu.

Opinião por Inês Gomes:
Custei a entrar no ritmo do livro (deve ser problema meu, porque são poucos os livros que me prendem logo desde o início), mas fui insistindo e quando terminei gostei do que li, o que me surpreendeu. Fiquei até curiosa para ler outros livros da autora.
O livro começa com o morte de D. Henrique quando Afonso Henriques tinha quatro anos. Contudo é a parte da conquista do território ao mouros e disputas com o primo já em adulto que prende uma pessoa ao livro. A juntar a isso a vida amorosa de Afonso, o facto de não ter sido possível casar com a sua grande paixão, o casamento "forçado", a distinção dos filhos legítimos e ilegítimos e como estes se devem ter sentido. A luta pelo título de Rei de Portugal.
Para além da vida de Afonso Henriques, também a vida dos filhos é retratada no livro. Temos diferentes pontos de vista sobre o mesmo assunto, o que mantém o interesse no livro.
Este livro mostra como poderá ter sido Afonso Henriques enquanto homem, enquanto líder, amante, estratega, pai, tudo e mais alguma coisa, conseguindo no fim ter o seu reino e ser reconhecido como Rei de Portugal.
Devo dizer que teria muito orgulho se o primeiro Rei de Portugal tivesse sido como este livro o retrata. Se o homem que conquistou este território aqui à beira mar plantado foi assim um excelente estratega tão impressionante, uma pessoa tão interessante, pois bem temos bons ascendentes (que nem sempre se vê nos portugueses de hoje).
Que eu tenha um bocadinho em mim deste Afonso Henriques e que consiga no fim triunfar.

30 de julho de 2015

Opinião - Memórias de uma Gueixa - Arthur Golden


Título: Memórias de uma Gueixa
Autor: Arthur Golden
Editora: Editorial Presença

Sinopse:
Quioto, anos 30. Sayuri tem olhos cor de espelho e é uma das mais famosas gueixas do Japão. Acompanha cidadãos japoneses abastados, enverga deslumbrantes quimonos de seda mas tem de pagar pela sua própria liberdade até conhecer um danna que a sustente e pague todas as suas despesas. Na sua vida, tal como na de todas as gueixas, não há lugar para o amor, mas Sayuri apaixona-se... Um romance ímpar e contagiante que demorou dez anos a escrever.

Opinião por Inês Gomes:
O livro conta-nos a história de Chiyo, uma menina que vive na sua casinha bêbada com os pais e a irmã. Por motivos da vida acaba a viver em Gion, como criada inicialmente para depois (se a Mãe achar que vale a pena) tornar-se aprendiz de gueixa. Contudo Chiyo mete-se em sarilhos e a sua caminhada não é fácil. A irmã acaba por fugir do mundo da prostituição, mas ela fica presa em Gion e tem de pensar no que vai fazer da vida - fugir, ficar como criada ou até tornar-se gueixa. A escolha é facilitada se é que podemos dizer assim por uma pessoa que a encontra a chorar perto do rio e que para surpresa de Chiyo é bondosa para ela. Chiyo acaba por se tornar Sayuri, uma das maiores gueixas do Japão. Uma vida de adaptação incrível. O resto da história fica para quem ler...ou ver o filme, coisa que não fiz por isso não sei até que ponto retrata o livro.
Devo dizer que pouco ou nada sabia sobre gueixas ou sobre o Japão até. Sabia que faziam companhia a homens, que usavam kimonos bonitos e pouco mais. Ao ler o livro fiquei a saber muito mais, Um mundo que acaba por ser fascinante de certa forma. Claro que existem partes menos boas, o facto de ter sido comprada, de terem dívidas sem realmente terem feito algo para as terem, a compra da mizuage, os possíveis dannas, Mas consigo entender o porquê de existir um fascínio por estas personagens. Não sei explicar muito bem.
Acabei por ler o livro rápido, havia partes em que tinha de parar de ler por motivos de força maior e o que queria era pegar no livro e saber o que acontecia a seguir. Foi um livro que me surpreendeu pela positiva.

YOGA GIRL: Rachel Brathen, a professora de yoga mais famosa em todo o mundo


​A sueca Rachel Brathen, conhecida como Yoga Girl, é um verdadeiro fenómeno no mundo do yoga, tendo já conquistado mais de um 1,4 milhões de seguidores no Instagram.

Fruto da sua paixão pelo yoga, do desejo de transmitir os seus benefícios para a saúde física e mental, e do querer estar ainda mais próximo dos seus seguidores, Rachel decidiu lançar o livro Yoga Girl (Nascente | 176 pp | 17,69€), já à venda em todo o país.

Neste livro, Rachel partilha com os leitores a sua inspiradora história de vida: da adolescência conturbada e autodestrutiva que passou na Suécia à vida feliz e equilibrada numa ilha paradisíaca das Caraíbas, tudo conseguido graças ao yoga e à meditação.

Recheado de fotografias de Rachel a praticar yoga em locais maravilhosos e de sugestões de posturas de yoga, ilustradas e explicadas passo a passo, este é o livro ideal para quem acha que está na hora de começar a tratar do corpo e da mente. Rachel oferece, ainda, um conjunto de receitas saudáveis, frescas e deliciosas, e pequenas dicas práticas para o dia a dia.

Aprenda com a Yoga Girl a:

Abraçar o mundo como uma aventura diária ● Aceitar o passado e viver o presente ● Seguir os seus sonhos e a sua intuição sem medos 

● Receber as oportunidade de coração aberto ● Amar o seu corpo e a sua alma tal como são.

A Nascente disponibiliza os primeiros capítulos para leitura imediata, aqui. A capa em alta resolução segue em anexo. Para artigos mais elaborados, a editora internacional disponibiliza fotografias, aqui e aqui.

Rachel Brathen é a instrutora de yoga mais conhecida em todo o mundo. Nascida na Suécia, teve o seu primeiro contacto com o yoga aos 17 anos, durante umas férias na Tailândia. Depois de terminar o ensino secundário, viajou até à Costa Rica, onde encontrou a felicidade integrando o yoga em todos os aspetos da sua vida. Rachel tornou-se mundialmente famosa através do Instagramonde publica fotos de posturas de yoga em cenários paradisíacos.Também através dessa rede social, partilha pedaços da sua vida, conselhos e inspirações. Vive atualmente em Aruba, com o marido e os três cães.

TOPSELLER: Depois de se conhecer o lado cruel do amor, será possível viver um amor verdadeiro?

«Colleen Hoover constrói um mundo surpreendente de dois jovens que descobrem o amor maduro.» - Booklist 

«Só Colleen Hoover tem a capacidade de incluir tanto esplendor num romance.» - Jamie McGuire, autora bestseller

Colleen Hoover, autora de Um Caso Perdido e de Uma Nova Esperança, regressa às livrarias portuguesas com o livro-sensação que catapultou a autora para o top do Goodreads Choice Awards de 2014: Amor Cruel (Topseller l 288 pp l 16,99€) 

O livro está a ser adaptado ao cinema, com Nick Bateman no principal papel. Tem estreia prevista para 1 de fevereiro de 2016, e promete ser um concorrente de peso ao segundo filme de Fifty Shades of Grey, tendo já conquistado milhões de fãs e a crítica. 

Sinopse:
Depois de se conhecer o lado cruel do amor, será possível viver um amor verdadeiro?
Tate é enfermeira e muda-se para São Francisco, para casa do irmão Corbin, para estudar e trabalhar. Miles é piloto-aviador e mora no mesmo prédio de Corbin. Depois de se conhecerem de forma atribulada, Tate e Miles acabam por se aproximar e dar início a uma relação exclusivamente física. Para que esta relação exista, Miles impõe a Tate duas regras: «Não faças perguntas sobre o meu passado. Não esperes um futuro.» 

Tate aceita o desafio de manter uma relação distante, sem nenhum compromisso, nem sequer o da amizade. A relação alimenta-se assim da atração mútua entre os dois. Miles nunca fala de si nem do seu passado, e comporta-se perante Tate de acordo com as regras que ele definiu. Será Miles capaz de desvendar o que se esconde por detrás desta necessidade tão grande de se distanciar emocionalmente dos outros?

Sobre a autora:
Collen Hoover já atingiu o 1.º lugar no top de vendas do New York Times e comoveu muitas leitoras com os seus onze livros publicados, incluindo Um Caso Perdido (Hopeless) e Uma Nova Esperança (Hope), publicados em Portugal pela Topseller. Os seus livros já foram traduzidos para cerca de 30 línguas. 

Colleen Hoover trabalhou nos Serviços de Proteção a Crianças, antes de voltar aos estudos para concluir a sua formação em Educação Especial e Nutrição Infantil. Saiba mais sobre a autora em: www.colleenhoover.com

BOOKSMILE: Tom Gates com cenas mega especiais


As Férias Grandes já começaram e nada como bons livros para entreter nos tempos livres entre a praia, o campo, os passeios, as sestas, as atividades e as brincadeiras. Tom Gates é o companheiro ideal para estes dias.

Esta coleção de Liz Pichon é vencedora dos principais prémios britânicos da literatura infantil e tem recebido excelentes críticas da imprensa nacional e internacional. Super divertido e carregado de ilustrações, estes livros vão, seguramente, fazer as delícias das crianças neste verão.

Por causa de uma tempestade de neve, a escola fechou por um dia. YEAH! PENA que vou ter de o passar com o Marcus (que é um chato).

Os fósseis vão fazer anos de casados, e o tio Kevin acha BOA ideia oferecermos uma FOTOGRAFIA da família (o que NÃO é, para mim, um presente de jeito).

A Delia também não gostou, e por isso está amuada (que é o seu estado normal).

Tom Gates 6 Cenas Mega Especiais (Népia) (Booksmile | 264 pp | 13,29€ | 9+) é mais um livro a não perder!

A Booksmile disponibiliza a leitura dos primeiros capítulos aqui.

Liz Pichon estudou design gráfico em Londres e foi diretora de arte numa empresa discográfica. Já como freelancer, a autora decidiu dedicar-se aos livros para os mais pequenos. Apenas como ilustradora na fase inicial desta nova carreira, Liz arrecadou prémios com os seus originais desenhos, inclusive nos EUA. Só depois se lançou na escrita.

A coleção já recebeu os principais prémios britânicos da literatura infantil, entre os quais o Red House Children’s Book Award, o Roald Dahl Funny Prize, e o Watertones Children’s Book Prize.

VOGAIS: O novo desafio literário de Mark Zuckerberg? «Sapiens: História Breve da Humanidade»

Mark Zuckerberg propôs-se a um desafio em 2015: ler um livro a cada duas semanas com o objetivo de "aprender mais sobre novas culturas, crenças, histórias e tecnologia". E o 12.º livro do ano que o fundador da rede social mais popular do mundo decidiu ler, partilhando o desafio com os seus seguidores, é a fantástica obraSapiens: História Breve da Humanidade (Vogais l 496 l 21,98€) de Yuval Harari, à venda em todo o país.

Trata-se de uma obra desafiadora, desconcertante e inteligente — uma perspetiva única e original sobre a evolução da espécie humana e o impacto do homem no planeta. Sapiens: História Breve da Humanidade está já traduzido em 30 línguas, e chegou ao top dos livros mais vendidos (não-ficção) em países como Inglaterra e EUA.

Aqui estão disponíveis alguns dos artigos e entrevistas a Yuval Harari. Terrorismo, tecnologia, o futuro da humanidade, entre outros assuntos relevantes e contemporâneos, podem ser abordados em entrevista ao autor. E, não deixe de ler as dezenas de elogios da crítica e dos principais meios de comunicação internacionais,aqui

Sinopse:
O fogo deu-nos poder. O boato ajudou-nos a saber cooperar. A agricultura aumentou o nosso apetite. A mitologia manteve a lei e a ordem. O dinheiro deu-nos algo em que confiar. As contradições geraram a cultura. A ciência fez-nos letais. 

Sapiens: História Breve da Humanidade é uma obra fundamental que não se concentra apenas no passado, procurando também explicar os significados mais profundos e as implicações morais e existenciais dos acontecimentos humanos. Este livro apresenta toda a evolução da nossa civilização, desde a pré-História, passando pelos Descobridores e os primeiros colonos, as revoluções agrícola e industrial, e até aos desenvolvimentos científicos e tecnológicos das últimas décadas. 

Recorrendo a ideias da paleontologia, antropologia e sociologia, o autor, Yuval Noah Harari, analisa os principais saltos evolutivos da humanidade, desde as espécies humanas que coexistiam na Idade da Pedra até às revoluções tecnológicas e políticas do século xxi — que nos transformaram em deuses, capazes de criar e de destruir. 

Num registo acessível e entusiasmante, Sapiens: História Breve da Humanidade procura não só explicar o que aconteceu, e como aconteceu, mas também revelar o que sentiram os seres humanos durante os vários processos evolutivos — e perceber se somos hoje um ser mais feliz ou infeliz. 

Sapiens: História Breve da Humanidade desafia o leitor a reconsiderar as explicações mais correntes sobre a História, enfrentando questões essenciais como: 

• Como conseguiu o homo sapiens conquistar a terra? 
• O que aconteceu às outras espécies humanas? 
• Quando surgiram o dinheiro, os estados e a religião, e porquê? 
• O que levou o capitalismo e a ciência a tornarem-se as crenças dominantes da era moderna? 
• Como crescem e caem os impérios? 
• Como é possível que grupos minoritários dominem vastas populações? 
• Por que motivo quase todas as sociedades acreditaram que as mulheres são inferiores aos homens? 
• A História é justa? 
• Será que o homo sapiens ainda existirá dentro de 100 anos?

Sobre o autor:
Yuval Noah Harari é historiador, investigador e professor de História do Mundo na Universidade Hebraica de Jerusalém, considerada uma das melhores instituições de ensino em todo o mundo. Doutorado em História pela Universidade de Oxford, Harari tem-se dedicado ao estudo e ensino da história, encorajando os seus alunos a questionar os conhecimentos e ideias que têm por garantidos sobre a vida, o mundo e a humanidade. 
Atualmente, a sua investigação incide sobre questões macro-históricas: Qual a relação entre a história e a biologia? Que diferenças essenciais distinguem o Homo sapiens dos outros animais? Existe justiça na história? As pessoas tornaram-se mais felizes à medida que a história avançou? Harari é duplo vencedor do Prémio Polonski para Criatividade e Originalidade nas Disciplinas de Humanidades, em 2009 e 2012. Publicou numerosos livros e artigos científicos. Sapiens: História Breve da Humanidade é bestseller internacional, publicado em mais de 30 línguas. Saiba mais sobre o autor:ynharari.com

Novidade Oficina do Livro: Portugal Kitsch de Francisco Salgueiro






















Título: Portugal Kitsch 
Autor: Francisco Salgueiro 
PVP: 14,90€ 
N.º de Páginas: 208

Este não é um livro qualquer de crónicas. Se fosse, não recomendava que o lessem. Mas devem ler... e várias vezes. 

No final dos anos 1990 éramos pirosos. Entre outras coisas. Eu devia ter pouco com que me entreter porque fui escrevendo sobre o que via à minha volta: os secadores dos quartos de hotel que não secavam, a impossibilidade de levar para casa os restos dos doces dos casamentos num tupperware, ou as pessoas dizerem clichés como «quando se fecha uma porta, abre-se uma janela». 

Os artigos foram publicados no Diário de Notícias - «Notícias Magazine» e tiveram êxito em todo o mundo. Ok, não ao nível dos Transformers, mas mesmo assim correram mundo. 

Depois de milhares de pedidos para juntá-los num livro, aqui estão eles. Todos juntinhos. Garanto que vão rir. E muito. Se no final não tiverem dado, pelo menos, cinco gargalhadas, provavelmente foi porque injectaram botox nos maxilares. 

Sobre o autor:
Francisco Salgueiro sócio da primeira empresa portuguesa de assessoria mediática e digital de celebridades, Naughty Boys. Fotógrafo premiado internacionalmente. Autor de doze livros publicados pela LeYa/Oficina do Livro, incluindo os best-sellers O Fim da Inocência e O Fim da Inocência II.

Livros do Brasil - James Salter (1925-2015)

James Salter (1925-2015)
Um dos escritores fundamentais da literatura norte-americana morreu na passada sexta-feira 19 Junho.

«Se existisse um Monte Rushmore para os escritores, ele já lá estaria», escreveu o The New York Times sobre James Salter, escritor que morreu na passada sexta-feira, a 19 de junho, pouco depois de completar 90 anos de idade. A Livros do Brasil, que em maio publicou Tudo o que Conta, o seu último livro e o primeiro do autor em Portugal, lamenta a morte deste «escritor de escritores», como era frequentemente apelidado.

A Livros do Brasil publicará, no início do próximo ano, Collected Stories, volume onde se reúnem 20 dos seus principais contos, género no qual se distinguiu, tendo sido premiado em 2010 com o Rea Award for the Short Story e em 2012 com o PEN/Malamud.

Sobre o autor
Nasceu em Nova Iorque a 10 de junho de 1925. Piloto da Força Aérea norte-americana, James Salter abandonou a carreira militar em 1957, um ano após a publicação do seu primeiro romance, The Hunters, com o qual captou desde logo as atenções da crítica. Passou pelo cinema, onde foi argumentista e realizador, antes de se dedicar em exclusivo à escrita, o que fez desde 1979. Destacam-se na sua obra romances como A Sport and a Pastime (1967) e Solo Faces (1979), os livros de memórias Burning the Days (1997) e Gods of Tin (2004), assim como o volume de contos Dusk and Other Stories, lançado em 1988 e premiado no ano seguinte com o PEN/Faulkner. Em 2010 foi distinguido com o Rea Award for the Short Story e em 2012 com o PEN/Malamud. Foi membro da Academia Americana de Artes e Letras. Faleceu a 19 de junho de 2015.

Boas Leituras - Castor de Papel


Vida Organizada
Thais Godinho
224 páginas
15,90 € 14,31 €

"Já faz algum tempo que o livro Vida Organizada foi publicado também em Portugal, mas percebi que ainda não tinha feito um post a respeito! Eis as informações para os leitores portugueses que possam gostar da novidade então.
Funciona assim: eu não me envolvi no processo de produção, adaptação do idioma, capa, nada – a editora Castor de Papel comprou os direitos da editora Gente aqui no Brasil e produziu no tempo dela, de acordo com os seus padrões de qualidade. Eu recebi uma cópia e gostei muito. O formato é um pouco maior que o da edição brasileira, as páginas em papel pólen soft amarelado e a adaptação muito bacana. Adorei o resultado! "
A Autora



Mandalas do Tibete
Kunsang Tsering
8,80 € 7,92 €

Este livro de formato prático e com espiral encoberta, para poder colorir e descontrair em qualquer lugar e momento, apresenta uma seleção das mandalas de tradição milenar criadas pelos monges do Tibete, com símbolos auspiciosos e cosmológicos, animais mitológicos, joias preciosas, oferendas e muito mais. 

Mandalas de Arte Andaluza
Paula Barral
8,80€ 7,92 €

As mais bonitas mandalas com motivos da herança histórica e património cultural da região da Andaluzia, como pavimentos, fachadas de monumentos, cerâmica, entre outros, encontram-se reunidas neste livro de formato prático e com espiral encoberta, para poder colorir e descontrair em qualquer lugar e momento. 

O Meu Refúgio Perfeito
Adriana Marto
7,31 € 6,58 €

Quantas vezes desejou poder fugir do caos à sua volta? Poder desligar-se e ter um momento só seu, durante o qual teria toda a liberdade para colorir os sonhos, os desejos e as ideias que estão guardados dentro de si há muito tempo? Algo que poderá ser possível num lugar mágico, como este livro que tem agora nas suas mãos. 

Porto Editora - Roubaram o coração de D. Pedro IV? Miguel Miranda regressa ao policial

Roubaram o coração de D. Pedro IV? Miguel Miranda regressa ao policial Sem Coração é o novo livro do autor
O roubo do coração de D. Pedro IV, relíquia de valor incalculável que está guardada na Igreja da Lapa, é o ponto de partida do mais recente livro de Miguel Miranda, Sem Coração. Protagonizado pelo detetive Mário França, considerado «Le Sherlock Holmes du Sud» pelo jornal L’Express, o autor regressa ao género policial e desenvolve uma intrincada investigação sobre dois assassínios e o desaparecimento dessa relíquia, que se mantém envolta em mistério. Sem Coração é publicado pela Porto Editora a 2 de julho e dá seguimento a Dai-lhes, Senhor, o Eterno Repouso, que, no ano passado, em França, esteve nomeado para o Prémio Violeta Negra de Literatura Policial do Festival Literário de Toulouse.

SINOPSE
O roubo do coração de D. Pedro IV deixará atrás de si o rasto de duas mortes... Poderá o crime perfeito ser desvendado? Dois homicídios, encapotados de morte natural, e o roubo do coração do rei D. Pedro IV do mausoléu da igreja da Lapa, no Porto, são o pretexto para uma nova investigação do detetive privado Mário França.

Em conjunto com a sua equipa de agentes marginais, com métodos peculiares mas de uma eficácia a toda a prova, terá forçosamente de se imiscuir num universo de intrigas familiares, gangues violentos e querelas que remontam aos tempos das Guerras Liberais, procurando respostas para os assassínios, de uma sofisticação incomum, e para o roubo da relíquia real, aparentemente relacionado com redes internacionais de tráfico dessa peculiar mercadoria que é a memorabilia corporea...

Por entre as linhas da narrativa, e pela voz do seu protagonista, naquela que é a primeira obra ficcional sobre o coração do rei D. Pedro IV, bastião nacional da liberdade, Miguel Miranda tece uma sincera homenagem à cidade do Porto e aos ideais da causa liberal, bem como uma análise histórica, em particular ao momento que deu origem ao famoso epíteto de Invicta: o cerco da cidade, «tempos de horror e carnificina» que terminaram com a vitória dos liberais.

BOOKSMILE: A Híper Vilania está de volta


H.I.V.E. é uma série cheia de ação, em que os vilões ocupam lugar de destaque. Os livros são um sucesso mundial e o segundo volume chega agora a Portugal, para conquistar os leitores portugueses mais jovens, amantes de aventura e suspense. Leituras entusiasmantes para as férias. 

H.I.V.E. é uma escola supersecreta de vilania aplicada onde jovens com um dom precoce para o mal desenvolvem os seus talentos. Afinal de contas, «os vilões têm as melhores engenhocas e usam os fatos mais fixes». 

O problema é que os alunos estão lá contra a sua vontade, e não podem sair antes de se formarem. E nenhum vilão gosta de estar encarcerado! 

O Otto e o Wing conseguem por fim sair de H.I.V.E., mas com autorização para o fazerem. A razão é que não é a mais feliz, já que vão ao funeral do pai do Wing, um cientista que trabalhava para a L.U.V.A. e que foi vítima de uma explosão no laboratório onde realizava as suas experiências. 

Mas aquilo que podia ser uma oportunidade para o Otto e o Wing fugirem, depressa se torna numa corrida para salvarem o H.I.V.E. e as suas próprias vidas: um grupo de vilões vai atacar o H.I.V.E. para tomar o poder na L.U.V.A. 

O Otto e o Wing são agora a última esperança para os alunos, para o Nero, para o Número Um e para a sobrevivência do próprio H.I.V.E. 

A Booksmile disponibiliza a leitura dos primeiros capítulos aqui

H.I.V.E: Missão Vingança (Booksmile | 320 pp | 13,99€ | 11+) é uma excelente leitura para fãs de histórias carregadas de suspense e aventura. O terceiro volume chegará ainda em 2015. 

«Um thriller cómico, cheio de mauzões, ação e montes de humor.» - Sunday Express 

«Uma escapadela exuberante, ao estilo negro de Roald Dahl.» - Financial Times 

«Excitante, inteligente e em tudo brilhante.» - Sunday Telegraph 

Sobre o autor:
Mark Walden trabalhou durante dez anos na produção de videojogos, quando finalmente concluiu que era altura de arranjar um trabalho a sério. 
Como foi rejeitado pelo programa de treino de astronautas da NASA, decidiu que talvez devesse tentar escrever um livro. E assim nasceu H.I.V.E. 
Se pensas que ser espião é uma aventura, espera só até descobrires o que é ser vilão! 
Visite a página do autor em www.markwalden.net

Um livro para fazer as melhores férias em Portugal

Um livro para fazer as melhores férias em Portugal

Um dos grandes e mais saborosos sucessos do “Jornal da Noite” (SIC) transforma-se, agora, em livro. Teresa Conceição que, com Martim Cabral, apresenta regularmente a rubrica IR é o Melhor Remédio, passou para livro alguns dos segredos mais bem guardados de Portugal. Com o mesmo apelo e sedução do programa de televisão, Teresa Conceição fez um livro belíssimo, cheio de sugestões e fotografias. É um livro de roteiros, viagens e comida deliciosa, praias, ilhas, rios ou castelos. Pela mão de Teresa Conceição, deixe-se levar à descoberta: o leitor vai desfrutar muito e pagar pouco. A melhor hospedagem: económica, confortável, romântica. Tascas e restaurantes com menus inovadores e portugueses para experimentar e repetir. São viagens com histórias – as que valem a pena.

Mais do que um guia, IR é o Melhor Remédio é um livro que desvenda caminhos pouco trilhados em chão nacional, com fichas informativas dos locais, moradas, locais onde comer e onde ficar, o que fazer, preços e tudo o que precisa para umas boas férias. Nas livrarias a 29 de Junho.

TOPSELLER: O novo sexy e divertido romance de Emma Chase


Com uma escrita sexy e divertida, que já conquistou as leitoras portuguesas, Emma Chase está de regresso às livrarias nacionais com o tão esperado terceiro volume da série Tangled, Enlaçados (Topseller | 224 pp | 15,98€), que sucede aos bem-sucedidos Envolvidos e Enrolados. 

Matthew Fisher é um banqueiro bem-sucedido, posição que lhe permite desfrutar dos prazeres materiais e morar num apartamento com vista para o Central Park. Matt sempre foi um sedutor e um mulherengo incorrigível. Ele admite que, enquanto não encontrar a «mulher certa», se vai divertindo com todas as «mulheres erradas». Apesar disso, ele quer assentar. 

Delores Warren é uma mulher diferente. O seu trabalho como engenheira espacial não a impede de ser sensual, extravagante e espontânea. Dee (como é conhecida) é decidida, principalmente no que respeita aos homens. Por ter vivido uma sucessão de relações que correram mal, resolve desistir dos compromissos sérios e aproveitar apenas os encontros casuais pelas noites de Nova Iorque. 

Quando se conhecem, Matt acredita que encontrou finalmente a pessoa certa. Conseguirá ele fazê-la mudar de ideias e levá-la a aceitar um relacionamento sério?​ 

Sobre a autora:
Emma Chase é uma escritora norte-americana, bestseller do New York Times e do USA Today. Vive com o marido e com os filhos em New Jersey. Mais sobre a autora em: www.emmachase.net

Coolbooks - Um excelente "thriller"

Coolbooks publica Um anjo pela metade, de Humberto Duarte
Já está disponível em coolbooks.pt e na livraria virtual wook.pt o livro Um anjo pela metade, um excelente thriller do estreante Humberto Duarte, que conduz o leitor pelo labirinto de memórias e ausências de um homem atormentado.

A Coolbooks tem vindo a apostar em thrillers e em romances policiais, subgéneros que têm vindo a reconquistar leitores em Portugal. Em Um anjo pela metade, o protagonista, Tomé, é um ex-estudante português de História da Arte a viver em Paris as remanescências de um sonho desfeito. Longe das suas raízes e de referências afetivas, dá por si encarcerado nos meandros obscuros do álcool, da amnésia e da solidão, e a levar uma existência dupla, repartida entre a crítica musical para um jornal francês e o envolvimento numa estranha organização de assassinos contratados. Confrontado com uma sequência de eventos inesperados, vê-se arrastado na demanda do seu passado esquecido, de um amor improvável, da redenção, mas sobretudo de si próprio.

O AUTOR
Nasceu numa aldeia perto de Abrantes, mas até à aventura universitária viveu em Ponte de Sor, onde criou as suas raízes. Licenciou-se em Geologia pela Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade de Coimbra, cidade onde viveu cerca de dez agitados anos. Foi autor e locutor de programas de rádio durante mais de uma década e partilha de forma quase febril o gosto pelos livros, pela música e pelo cinema. 

Apesar de gostar de escrever desde os primeiros anos de plena consciência, só nos últimos tempos se aventurou na escrita de forma mais efetiva, inicialmente com pequenos contos “caseiros”, que ainda não saíram das profundezas do disco rígido do computador, e só depois a primeira experiência no formato romance. Atualmente é professor do ensino básico e secundário, tem dois filhos e vive em Santarém.

29 de julho de 2015

Passatempo - A elite

A D'Magia em parceria com a Marcador tem para oferecer um exemplar de "A elite" de Kiera Cass.
Sinopse:
A Seleção iniciou-se com 35 raparigas. Agora, com o grupo reduzido a 6, a Elite, a competição para conquistar o amor do Príncipe Maxon é mais feroz do que nunca.
Quanto mais perto America se encontra da coroa, mais se debate para perceber onde está verdadeiramente o seu coração. Cada momento que passa com Maxon é como um conto de fadas, instantes cheios de romantismo avassalador e muito glamour. Mas sempre que vê Aspen, o seu primeiro amor, é assaltada pelo desejo da vida que tinham planeado partilhar.
America anseia por mais tempo. Mas enquanto se sente dividida entre dois futuros, o resto da Elite sabe exatamente o que quer e a oportunidade de America para escolher está prestes a desaparecer.

Para te habilitares a ser o vencedor responde às seguintes perguntas:
1 - Com quantas raparigas se iniciou a Seleção?
2 - Como se chama o primeiro amor de America?

E envia os teus dados pessoais (incluíndo o nome completo, morada e nome de seguidor no Facebook), com o assunto "Elite", até ao dia 20 de Agosto, para literatura@dmagia.net
 
Regras do passatempo: 
1) Só aceitamos participações de residentes em Portugal. 
2) Podem participar todos os dias. No máximo de uma vez por dia. 
3) Só serão aceites participações de fãs e/ou seguidores. 
4) É obrigatório dar like no Facebook na Página D'Magia 
5) Ser fã do facebook e seguidor do blog dá direito a duas participações no passatempo.  Não te esqueças de referir o teu nome de seguidor no email juntamente com os teus dados
6) Poderás partilhar este passatempo numa rede social e via twitter uma vez por dia. Cada nova partilha conta como uma participação extra. Basta nos ires enviando os links.
7) O prémio é sorteado via random.org entre todos os participantes validados.  
8) Os vencedores serão contactados por email.
9) Não nos responsabilizamos por qualquer extravio no envio do prémio. 

Boa sorte a todos!!!

28 de julho de 2015

Opinião – As Valquírias – Paulo Coelho


Título: As Valquírias
Autor: Paulo Coelho
Editora: Pergaminho

Sinopse:
Uma história que mostra claramente o homem que existe por detrás do mago, e isto poderia decepcionar alguns poucos que estão em busca de "seres perfeitos", com verdades definitivas a respeito de tudo. Mas os verdadeiros Buscadores sabem que, independentemente de todas as nossas falhas e defeitos, o Caminho Espiritual é mais forte. Deus é amor, generosidade e perdão; se acreditarmos nisto, nunca deixaremos que as nossas fraquezas nos paralisem.

Opinião por Fátima Quelhas:
O que este livro tem de tão especial e diferente dos outros? Este livro é uma história verídica do próprio escritor, que relata a viagem que fez com a sua esposa Christina Oiticica, pelo deserto de Mojave (EUA). O motivo da viagem? Conversar com o seu anjo da guarda.
Ele vai até o deserto orientado pelo seu mestre, que diz que lá ele poderia encontrar pessoas que iriam ajudá-lo a cumprir essa missão. Conversar com o anjo era a única forma de quebrar uma maldição da vida: Destruir tudo aquilo que se ama. Já no deserto, o mago conhece Took, um jovem que ajuda Christina a compreender um pouco mais esse mundo louco em que seu marido vive, e as Valkírias, um grupo de belas mulheres que andam pelo deserto falando de coisas místicas. Paulo e Christina começam a perseguir as Valkírias por onde elas vão, até que na última viagem a uma pequena disputa feminina entre Vahalla (uma das Valkírias) e Christina, uma vez que Vahalla se sente atraída por Paulo… Paulo coelho também narra, a sua terrível experiência com a magia negra, com Raul Seixas quando ambos pertenciam a uma sociedade secreta. Paulo Coelho apresenta-nos aqui um processo de comunicação espiritual.
Todos nós passamos pelo dilema “destruir tudo aquilo que se ama”. Afinal, quem nunca fez asneiras com alguém especial? Quem gosta de “olhar para dentro” com o objectivo de viver melhor aqui fica a dica do livro.
Eu Gostei do livro com poucas páginas e de uma leitura fácil, já gostava do autor, essa não é a sua melhor obra, mas vale a pena ler.

27 de julho de 2015

Opinião - O Feiticeiro de Oz - L. Frank Baum


Título: O Feiticeiro de Oz
Autor: L. Frank Baum
Editora: Relógio D'Àgua

Sinopse:
Quando um ciclone atinge o Kansas, Dorothy e o seu cãozinho Toto são transportados até à mágica Terra de Oz, onde animais selvagens falam, sapatos prateados têm poderes mágicos e as bondosas bruxas oferecem protecção em troca de um beijo. Dorothy acaba por se tornar também inimiga da Bruxa Malvada do Oeste. Com os seus novos amigos, o Espantalho, o Lenhador de Lata e o Leão Cobarde, depara-se com inúmeros perigos no caminho para a Cidade das Esmeraldas, onde terá de se encontrar com o Feiticeiro de Oz para que conceda a cada um aquilo que mais deseja.Logo que foi publicado O Feiticeiro de Oz cativou imediatamente a atenção tanto de crianças, como de adultos. Esta edição inclui as ilustrações originais de W. W. Denslow, bem como uma introdução do autor. O livro deu origem ao filme com o mesmo nome, considerado um clássico da história do cinema.

Opinião por Filipa Monteiro:
Se alguém me vier perguntar alguma vez, algum dia, por um clássico que eu recomende, a opção vai recair sem dúvida neste livro.
Se alguém tiver interesse em ler algum clássico mas não souber por qual começar e me vier perguntar, a opção recai neste livro.
Nunca vi a adaptação cinematográfica desde filme completa.
Já comecei diversas vezes a ver mas não gosto da caracterização, não gosto da maneira como as personagens se apresentam, há um conjunto de factores que me fazem perder o interesse ao fim de pouco tempo ter começado a ver o filme.
Mas, sempre tive curiosidade na história.
Demorei a pegar no livro porque só tinha a imagem do filme.
Finalmente decidi-me. E embora já o tenha terminado há uns dias, ainda hoje me dou beijinhos por me ter dado esta oportunidade.
O livro é tão mas tão fofinho. Ok, fofinho não será talvez o melhor adjectivo para um livro mas... quando penso nele, a palavra: fofinho, vem-me de imediato ao cérebro.
O que ainda é melhor é que, as ilustrações nesta edição da Relógio d'água são as originais e acompanham todo o livro, o que me foi ainda mais fácil dissociar das imagens do filme que me estavam enterradas no fundo da minha cabeça.
A história começa com um ciclone que "varre" Kansas, onde Dorothy mora. Esse ciclone arrasa tudo e quando Dorothy dá por si, encontra-se numa outra terra.
Longe dos tios. Longe dos seus prados tão amados mas, com Tótó (o seu cão) ao seu lado.
E assim, juntos começam a aventura de descobrir onde estão e como podem regressar para a sua casa.
Encontra pessoas bondosas no início dessa caminhada que lhe falam no feiticeiro poderoso: O Oz.
E esse feiticeiro consegue tudo, portanto, possivelmente a irá levar de volta à sua terra.
Pelo caminho encontram então um espantalho que quando sabe a demanda de Dorothy e os poderes de Oz, decide acompanhá-la e ao seu patudo para também ele pedir a Oz, uns miolos....
Encontram também, um lenhador de lata e este, que um dia foi um homem de carne e osso, deseja do fundo do coração... um coração. Mais tarde, encontram um leão. Um leão que é um cobarde e que tudo o que quer é ter a sua coragem para ser o rei leão da sua floresta....
Assim, este grupo de amigos tão diferente vai enfrentar bruxas maldosas, habitantes que não vão ser muito simpáticos, uma vila de cristal, uns guardiões de montanhas peculiares e ainda... a grandiosa cidade das esmeraldas em que o brilho verde se reflecte por todo o lado... e, aqui, encontrarão Oz, o grande feiticeiro.... será que é mesmo um grande feiticeiro?
Será que toma realmente tantas formas diferentes como se diz?
Fará o que lhe pedem sem nada em troca?
E a pergunta maior de todas... Conseguirá Dorothy voltar para os seus tios?
A escrita é fabulosa e a história é um doce. As bruxas más, não deixam de o ser mas, no entanto, são umas más que me ficaram no coração e na memória. Bruxas que têm consciência do que fizeram.
Os sapatos de Dorothy são o ponto fulcral da estória e o gorro dourado também não foge na sua importância para conceder os desejos dos nossos protagonistas...
A música "We are off to see the wizard" do filme, é uma bela homenagem à infusão de alegria que este livro nos oferece.

26 de julho de 2015

Opinião – Nunca me Esqueças – Lesley Pearse


Título: Nunca me Esqueças
Autora: Lesley Pearse
Editora: Asa

Sinopse:
Até onde iria por amor?
Num dia…
Com um gesto apenas…
A vida de Mary mudou para sempre.
Naquele que seria o dia mais decisivo da sua vida, Mary - filha de humildes pescadores da Cornualha - traçou o seu destino ao roubar um chapéu. O seu castigo: a forca.
A sua única alternativa: recomeçar a vida no outro lado do mundo.
Dividida entre o sonho de começar de novo e o terror de não sobreviver a tão dura viagem, Mary ruma à Austrália, à época uma colónia de condenados. O novo continente revela-se um enorme desafio onde tudo é desconhecido… como desconhecida é a assombrosa sensação de encontrar o grande amor da sua vida. Apaixonada, Mary vai bater-se pelos seus sonhos sem reservas ou hesitações. E a sua luta ficará para sempre inscrita na História.
Inspirada por uma excepcional história verídica, Lesley Pearse - a rainha do romance inglês - apresenta-nos Mary Broad e, com ela, faz-nos embarcar numa montanha-russa de emoções únicas e inesquecíveis.

Opinião por Fátima Quelhas:
Este foi o primeiro livro que li desta escritora: Lesley Pearse, já tinha ouvido falar dela mas nunca tinha pegado em nenhum livro. Aproveitei uma promoção e comprei o livro com algum receio, mas logo fiquei bastante surpreendida. Gostaria de poder falar desta história como gostaria, mas não ia ter espaço suficiente para tal. Posso começar por dizer que esta é uma história verídica de uma mulher chamada Mary.
Mary é uma mulher guerreira, corajosa, inteligente, determinada, teimosa. Mãe, lutadora… uma mulher que devia ser seguida de exemplo!
Não posso falar muito dos pormenores, pois quem o vai ler perde o interesse todo, mas posso garantir que é um livro carregado de emoções e sentimentos profundos, pois Mary vai ter muitas desilusões (traída pelo marido, perda dos filhos, desesperos profundos, de fome…) Por ser uma história verídica não se sabe o que aconteceu depois, apenas existe um registo do que lhe aconteceu até ao que é descrito no final. Espero sinceramente que tudo lhe tenha corrido pelo melhor, ela bem merecia.
Este foi o primeiro livro que li, mas certamente não será o último tal foi o fascínio que me despertou a sua leitura, uma escrita bastante fluente e envolvente, o que ajuda a tornar a história ainda mais emocionante e comovente. Aconselho a quem não têm medo de histórias tristes, a quem tem sempre uma réstia de esperança e a quem admira a mulher, a coragem e quem faz a diferença no mundo.

Passatempo DVD - Totoro

A D'Magia em parceria com a Outsider Filmes tem para oferecer 5 DVD's do filme " " dos Studio Ghibli.

Sinopse:
Quando duas raparigas se mudam para o campo para estarem perto da sua mãe em convalescença, passam por aventuras com os fantásticos espíritos da floresta que vivem ali perto.

Para te habilitares a ser o vencedor responde às seguintes perguntas:
- Porque é que as duas raparigas se mudam para o campo?
- Com quem vivem elas aventuras?


E envia os teus dados pessoais (incluíndo o nome completo, morada e nome de seguidor no Facebook), com o assunto "DVD Totoro" para literatura@dmagia.net


O passatempo termina dia 20 de Agosto. 

Regras do passatempo: 
1) Só aceitamos participações de residentes em Portugal. 
2) Podem participar todos os dias. No máximo de uma vez por dia. 
3) Só serão aceites participações de fãs e/ou seguidores. 
4) É obrigatório dar like no Facebook na Página D'Magia 
5) Ser fã do facebook e seguidor do blog dá direito a duas participações no passatempo. 
6) Poderás partilhar este passatempo numa rede social e via twitter uma vez por dia. Cada nova partilha conta como uma participação extra. 
7) O prémio é sorteado via random.org entre todos os participantes validados. 
8) Os vencedores serão contactados por email.
9) Não nos responsabilizamos por qualquer extravio no envio do prémio. 

Boa sorte a todos!!!

TOPSELLER: «Confissões de Catarina de Médicis», uma das rainhas mais difamadas da História


«Os fãs de Philippa Gregory vão devorar este livro.» - Booklist 

Pela voz da própria Catarina de Médicis, C. W. Gortner relata, no seu mais recente romance Confissões de Catarina de Médicis (Topseller l 400 pp l 21,98€) a extraordinária viagem de uma das mais amaldiçoadas, incompreendidas, mas também mais poderosas e controversas mulheres da História. Para uns ela foi uma rainha impiedosa que conduziu França através de uma era de violência sangrenta. Para outros foi uma salvadora apaixonada da monarquia francesa. 

Última descendente legítima da ilustre linhagem dos Médicis, foi prometida ainda adolescente a Henrique, filho de Francisco I de França, e enviada de Itália para um reino desconhecido, onde foi ofuscada e humilhada pela poderosa amante do marido, Diana de Poitiers. Perseverante, Catarina lutou por criar o seu papel no reino que lhe pertencia por direito, com uma força e determinação inatas que a transformavam numa mulher notável. 

Além de uma forte personalidade, Catarina possuía ainda, segundo testemunhos, visões premonitórias, as quais, aliadas à orientação do clarividente Nostradamus, a ajudaram a traçar as linhas do seu destino e da sua família. Mas no seu 40.º aniversário, Catarina enviúva e é deixada sozinha, com seis filhos jovens, como regente de um reino dilacerado pela discórdia religiosa entre católicos e huguenotes e as ambições desmedidas de uma família traiçoeira de nobres, os Guise. 

Confiando apenas na sua tenacidade, Catarina toma o poder para garantir o trono dos filhos. Mas para salvar França, ela terá de sacrificar os seus ideais, a sua reputação e os segredos mais profundos de um coração agrilhoado. 

Sobre o autor: 
C. W. Gortner possui um mestrado em Escrita na especialidade de Estudos Renascentistas, pelo New College of California. Os seus romances históricos, sempre fruto de intenso trabalho de pesquisa, têm-lhe granjeado elogios por parte da crítica internacional. Já foram traduzidos para 21 línguas com mais de 400 mil exemplares vendidos. Em Portugal, editados pela Topseller, já se encontram publicados O Juramento da Rainha, um romance sobre Isabel, a Católica, e O Segredo dos Tudor. De ascendência espanhola, C. W. Gortner vive atualmente na Califórnia. Saiba mais sobre o autor em: www.cwgortner.com.

VOGAIS: Os Segredos Sobre o Dinheiro que a Escola Não Ensina - Robert Kiyosaki


Proposta de abordagem ao tema Educação Financeira:

Partindo do conteúdo do livro e com base na ideia da implementação da educação financeira em contexto educativo e formativo no ano letivo de 2015/16 (pré-escolar, 1.º, 2.º e 3.º ciclos do ensino básico e ensino secundário), sugerimos a realização de um artigo completo, interessante e de interesse do público em geral. 
______ ______ ________
Para o nem sempre consensual Robert Kiyosaki, especialista e conferencista em assuntos financeiros, a escola está muito longe de nos preparar para a vida real. Os jovens têm dinheiro — muitos têm contas bancárias e cartões de débito —, mas nunca tiveram aulas sobre investimentos, juros, dívidas, ativos, passivos, etc. E, enquanto forem analfabetos financeiramente, não poderão aprender a fazer com que o dinheiro trabalhe para eles.

Por isso, segundo Kiyosaki o conselho mais perigoso que se poderá dar a alguém nos dias de hoje é: «Vai para a escola, tira notas altas e depois procura um emprego seguro.» É que atualmente a boa formação e os resultados académicos não bastam para garantir o êxito e ter o controlo pessoal do próprio destino financeiro. É necessário saber gerir o dinheiro pessoal, criando riqueza mesmo quando não se tem um vencimento muito elevado e outro tipo de receitas.

Depois de reeditar em Portugal o bestseller Pai Rico, Pai Pobre, o livro de finanças pessoais mais vendido em todo o mundo, a Vogais, chancela do Grupo 20l20 Editora, edita agora Pai Rico, Pai Pobre para Jovens (Vogais l 160 pp l 14,39€).

Quando era jovem, Robert Kiyosaki não era propriamente o melhor aluno da turma, mas isso não acontecia por ele não ser inteligente. Ele simplesmente não aprendia da forma que os professores esperavam. Então, Robert encontrou um mentor que lhe ensinou tudo sobre dinheiro e investimento. Robert teve tanto êxito que se reformou quando ainda era muito novo.

Pai Rico, Pai Pobre para Jovens faz mais do que partilhar esta incrível história pessoal. Mostra como fazer escolhas nos dias de hoje, as escolhas dos ricos. Escrito de forma muito acessível e recheado de notas complementares e de jogos, este livro vai empurrar os jovens para o sucesso ao ensinar:

• A falar a língua do dinheiro.
• Formas de pôr o dinheiro a trabalhar para ti.
• Dicas para o êxito — incluindo «trabalhar para aprender, não para ganhar dinheiro».
• Jogos que vão ajudar a dominar as ferramentas fundamentais para fazer o dinheiro crescer.

Pai Rico, Pai Pobre para Jovens é a arma secreta que vai permitir ganhar a liberdade para os jovens gerarem a riqueza que procuram. Não importa se as notas são boas ou más. Para serem bem-sucedidos financeiramente basta serem inteligentes. Nunca é cedo demais para começarem a gerir bem o dinheiro.

A Vogais disponibiliza os primeiros capítulos para leitura imediata, aqui. A capa do livro segue em anexo.

SOBRE ROBERT KIYOSAKI

Autor e conferencista motivacional, Robert Kiyosaki, com mais de 9 milhões de livros vendidos, é mundialmente conhecido como defensor da educação financeira. É o fundador da Rich Dad Company, co-criador do jogo educativo CASHFLOW®, e autor de diversos livros bestsellers, dentre os quais se destaca este Pai Rico, Pai Pobre, o livro de finanças pessoais mais vendido em todo o mundo. Entre os restantes livros que escreveu, todos eles de grande êxito, estão Conspiracy of The Rich: The 8 New Rules of Money, Unfair Advantage e Why We Want You To Be Rich—Two Men—One Message, escrito em coautoria com Donald Trump, e que subiu diretamente ao primeiro lugar do top do New York Times.

Reprodução, a estreia de Bernardo Carvalho na Quetzal, a 19 de junho nas livrarias

Título: Reprodução
Autor: Bernardo Carvalho
Género: Romance
N.º de páginas: 184
Data de lançamento: 19 de junho
PVP: 15,50 €

Um olhar irónico sobre os tempos atuais nas páginas de um dos mais destacados narradores brasileiros contemporâneos.
Neste romance, Bernardo Carvalho parece fazer «picadinho» – com um humor convulsivo – de um típico personagem da nossa era: o comentador de blogues e portais da internet. O «estudante de chinês» que é protagonista deste romance vive entre a realidade e a paranoia, dividido entre a visão distorcida do mundo e a espera pelo dia em que a China dominará o planeta – e então ele, iniciado no estudo do intrincado idioma, poderá integrar as fileiras de uma nova classe dominante. Vítima de um equívoco na altura em que pretendia embarcar para Pequim, ao ser detido pela polícia, desata a falar venenosamente sobre tudo e todos.
À história do protagonista ligam-se a da professora de chinês, que tenta levar uma criança órfã para a China, a do inspetor da Polícia Federal às voltas com o seu próprio caso bicudo de paternidade e a da psicótica inspetora que vive as suas operações de infiltrada com particular emoção; todos são personagens de uma comédia de enganos, feita de diálogos, em que só um dos lados tem o direito de falar. A linguagem é também um tema central de Reprodução: é o que expressa a mente do indivíduo perante o resto da sociedade, mas é também o que reproduz discursos, estereótipos e a própria vida. É poder – e não apenas redentor, mas também aniquilador.

Sobre o autor:
Jornalista, Bernardo Carvalho (Rio de Janeiro, 1960) foi correspondente da Folha de São Paulo em Paris e Nova Iorque. Como o próprio conta, em 1992 (durante a crise do governo Collor), o jornal fechou o escritório em Manhattan, o que ele transformou numa vantagem: «Meu apartamento já estava pago por mais seis meses, resolvi ficar na cidade.» Foi nessa altura que decidiu retomar alguns textos escritos antes («Eu nunca quis ser jornalista. Sempre tive a tendência para a narrativa ficcional. Paralelamente ao trabalho no jornal, eu escrevia o primeiro parágrafo de romances. Acumulei centenas deles.») e transformá-los no seu primeiro livro, Aberração (1993). Vinte anos depois, Bernardo Carvalho é um dos mais importantes e originais escritores brasileiros, autor de romances tão singulares como Teatro (1998), Nove Noites (2002, Prémio Portugal Telecom), Mongólia (2003, Prémio Jabuti) ou O Filho da Mãe (2009).

Belle and Sebastian dia 12 de novembro no Coliseu de Lisboa

A banda escocesa Belle and Sebastian vai subir ao palco do Coliseu de Lisboa, dia 12 de novembro, para um concerto em nome próprio. O grupo liderado por Stuart Murdoch irá apresentar o mais recente disco de originais “Girls in Peacetime Want to Dance”, editado no passado mês de janeiro.
O nono registo de originais do grupo, sucessor de Write About Love (2010), foi produzido por Ben H. Allen III (Animal Collective, Deerhunter, Gnarls Barkley, Washed Out) e gravado em Atlanta (EUA). A masterização foi da responsabilidade de Frank Arkwright, nos estúdios Abbey Road, em Londres, e a mistura adicional foi feita por Tony Doogan, em Glasgow, na Escócia.

Mestres na composição de canções e considerados por muitos como “a melhor banda indie pop dos últimos anos”, os Belle and Sebastian contam hoje com 19 anos de carreira e uma fiel legião de fãs espalhada pelo mundo. 

Coliseu de Lisboa | 12 de novembro 2015
Abertura de portas: 20h00
Início do espetáculo: 21h00
BILHETES À VENDA DIA 19 DE JUNHO (SEXTA-FEIRA) NOS LOCAIS HABITUAIS
Coliseu de Lisboa | 12 de novembro de 2015

Plateia 1 a D * 45,00 Euros
Plateia E a O * 35,00 Euros
Plateia P a Z * 30,00 Euros
Balcão * 25,00 Euros
Camarote 1.ª Frente * 35,00 Euros
Camarote 1.ª Lado * 25,00 Euros
Camarote 2.ª Frente * 30,00 Euros
Camarote 2.ª Lado * 23,00 Euros
Galeria de pé * 18,00 Euros

Locais de venda (Coliseu de Lisboa): FNAC, Worten, El Corte Inglés, CTT, Agência ABEP, Bilheteira Coliseu de Lisboa (www.coliseulisboa.com)

Espanha: Ticketmaster (www.ticketmaster.es)

VOGAIS: JACK WELCH - Novo livro do guru da gestão já nas livrarias

Jack Welch, guru da gestão e autor de Vencer (17.ª edição em Portugal), regressa aos escaparates nacionais pela mão da Vogais, chancela do Grupo 20l20 Editora, com um manual atualizado e essencial para todas as pessoas envolvidas no presente e no futuro do mundo dos negócios.

Num momento em que os mercados estão a sofrer transformações tão rapidamente que parece ser impossível acompanhá-los, as dúvidas abundam:

Como conseguem algumas empresas crescer em plena crise, enquanto outras fecham ou perdem valor? • Qual é a melhor forma de recuperar a competitividade perdida? • Como podem os líderes desbloquear a paixão e maximizar a performance de cada membro da sua equipa? • Como conseguir o emprego ou a carreira com que sempre sonhámos? • Porque é que passou a ser tão difícil encontrar a carreira certa?

Em MBA da Vida Real (Vogais | 256 pp | 16,59€), Jack Welch e Suzy Welch dão-lhe as respostas. Os seus conselhos vão para além das teorias de gestão, baseando-se na sua vasta experiência das últimas décadas com empresas grandes e pequenas, em quase todas as indústrias e por todo o mundo.

O resultado é este livro, com lições inovadoras de aplicação imediata — ainda que por vezes contraintuitivas — para criar organizações fortes e estratégias vencedoras, montar equipas de grande talento e eficiência, e gerar carreiras sólidas e prósperas no atual ambiente empresarial.

A Vogais disponibiliza os primeiros capítulos para leitura imediata, aqui.
Jack Welch começou a sua carreira na General Electric em 1960 e, em 1981, foi eleito o oitavo Presidente Executivo da empresa, cargo que ocupou ao longo de 20 anos. Durante o seu mandato, o valor do capital da GE, cotada em Bolsa, aumentou mais de 400 mil milhões de dólares, tornando-se a empresa com a maior valorização no mundo.

Em 2000, foi nomeado «Gestor do Século» pela revista Fortune. Desde que se aposentou das suas funções na GE escreveu vários livros, todos grandes êxitos, destacando-se Vencer, o bestseller internacional publicado em 2005, e a sua autobiografia, intitulada Jack: Straight From The Gut.

Durante a última década, juntamente com a sua mulher, Suzy Welch, tem desempenhado funções de consultoria em empresas um pouco por todo o mundo e participado como orador em conferências internacionais. Em 2010 fundou o Jack Welch Management Institute, um programa de MBA online, totalmente credenciado, que conta com mais de 1000 alunos.

Suzy Welch é autora bestseller, comentadora e uma notável jornalista da área dos negócios. O seu último livro, 10-10-10, é bestseller do New York Times e do Wall Street Journal. Depois de se ter licenciado na Harvard Business School, trabalhou como gestora na empresa de consultadoria Bain & Company, antes de se tornar editora da Harvard Business Review.

TOPSELLER: ZOO - Um livro com garras e uma série de TV que promete arrasar audiências


«Um dos melhores entre os melhores.» - Time

«Se é um apaixonado por animais, este livro vai partir-lhe o coração em vários pedaços, mas também o vai deixar arrepiado até chegar ao final.» - The Book Report
-------------

Usando toda a criatividade que já lhe conhecemos, o autor mais bem-sucedido em todo o mundo superou-se em ZOO, livro já adaptado para televisão pela CBS (www.cbs.com/shows/zoo), com a primeira temporada de 13 episódios a estrear este Verão nos EUA, prometendo arrasar audiências.
-------------
Zoo (Topseller | 352 pp | 18,79€) é um bestseller imperdível. Quando o Homem se torna o grande inimigo de todas as outras espécies animais, o perigo espreita e o pânico instala-se, não só pelas ruas das cidades, mas até dentro das nossas próprias casas.

O comportamento animal está a mudar. E não para melhor. Por todo o mundo sucedem-se ataques de animais espalhando uma verdadeira epidemia de terror. Em todos os continentes, espécies selvagens, e até animais domésticos, ostentam subitamente uma atitude hiperagressiva em relação a um animal em particular: o Homem.

Jackson Oz, um jovem biólogo, assiste a esta escalada de episódios violentos com uma clara sensação de pânico. Quando vê, com os seus próprios olhos, um ataque organizado de leões em África, a enormidade da violência torna-se terrificamente clara. Com a ajuda da ecologista Chloe Tousignant, Oz tenta avisar os líderes mundiais antes que seja demasiado tarde. Os ataques aumentam em ferocidade, astúcia e planeamento e, em breve, não restará um único lugar seguro para o Homem se esconder.

A Topseller disponibiliza os primeiros capítulos para leitura imediata, aqui.

James Patterson é desde há vários anos o autor n.º 1 absoluto em todo o mundo, segundo a revista Forbes. Patterson já criou mais personagens inesquecíveis do que qualquer outro escritor da atualidade. É o autor dos policiais Alex Cross, os mais populares dos últimos vinte e cinco anos dentro do género. Entre os seus maiores bestsellers estão também Invisível,Private: Agência Internacional de Investigação, The Women’s Murder Club (O Clube das Investigadoras), NYPD Red e A Amante.

Patterson é o autor que teve mais livros até hoje no topo da lista de bestsellers do New York Times, segundo o Guinness World Records (67!). Desde que o seu primeiro romance venceu o Edgar Award, em 1977, os seus livros já venderam mais de 305 milhões de exemplares. Segundo dados de 2013, 1 em cada 26 livros (hardcover), vendidos nos EUA, foi escrito por James Patterson.

Em Portugal, James Patterson é publicado pela Topseller (Alex Cross, Private, NYPD Red, Confissões, Maximum Ride,Primeiro Amor, Invisível, A Amante, Um Anjo da Guarda) e pela Booksmile (séries juvenis Escola e Eu Cómico e A Casa dos Robots).

Michael Ledwidge é um escritor norte-americano com ascendência irlandesa. É coautor de mais de uma dezena de livros com James Patterson.