12 de junho de 2015

Planeta: Novidades Maio

FICÇÃO NACIONAL 
Título: O Dia em que Estaline Encontrou Picasso na Biblioteca
Autor: Alice Brito
N.º de Páginas: 368
PVP: 17,95 €
Disponível a partir de 06 de Maio 

A escrita poderosa e inconfundível a que a autora nos habitou em As Mulheres da Fonte Nova não deixará ninguém indiferente neste novo e a aguardado romance.

Uma narrativa épica sobre a importância da memória, de três gerações e, que, começando em Setúbal, alastra pela Barcelona da Guerra Civil de Espanha e a Paris da época da Guerra. Um romance histórico que atravessa todo o século XX e termina nas dificuldades que enfrentamos na actualidade, interrogando as responsabilidades das esquerdas e concretamente do estalinismo e evocando episódios históricos como o do Ouro de Moscovo em que, em 1936, durante a Guerra Civil, o governo republicano espanhol enviou para a União Soviética as reservas de ouro do Banco de Espanha (a 4.ª maior reserva de ouro do mundo), para as pôr a salvo. Reservas que nunca foram devolvidas, com a alegação de que seriam pagamento da ajuda militar soviética ao governo republicano durante a guerra.
«Sou um contentor da História do século XX», diz Juan, em carta à sua neta Dulce. História da Europa e dos seus horrores, utopias e derrotas. História de uma Esquerda de que faltam apurar muitas contas escusas - e escuras - e do soçobrar de um ideal que vem desembocar naquilo que é hoje, para David, Dulce, Nuno e Josefina, a proclamada «inevitabilidade» das nossas vidas.
Juan e Maria Bento, as personagens centrais que constroem os seus próprios destinos, ficarão para a memória leitora como um par improvável e apaixonados já vistos – entre o anarquismo convicto de Juan e a militância inflexível de Maria Bento, que as ligações ao KGB disciplinam, há uma ponte incerta que oscila, baloiça e finalmente se verga ao peso da paixão.
«Lembrar. Nada quero esquecer. Olho a Guernica do meu Picasso. Não esquecer. Do mesmo Picasso que retratou Estaline e quase foi expulso do Partido Comunista Francês que considerou o retrato uma injúria. O pintor, diziam, não havia enaltecido a grandeza do retratado. O desenho reproduzia um homem comum. Imagino Picasso a defender-se e o próprio Estaline a atacá-lo, lívido de raiva.»
(Excerto da carta de Juan à neta, Dulce)

«Sei que o passado não é inocente», diz Juan, e por isso toda a astúcia é necessária para surpreender o futuro. E daí a surpresa que se reserva aos vindouros, n’O dia em que Estaline encontrou Picasso na biblioteca. Uma narrativa empolgante, que alterna, no estilo inconfundível e único da autora, as vidas e as escolhas das personagens do século XX com o impasse e a impotência das do século XXI – para terminar num volte-face completamente inesperado.

Sobre a autora
Alice Brito nasceu em Setúbal, em 1945, e aí reside até hoje. É advogada, militante política e cronista em alguns periódicos regionais e online. As Mulheres da Fonte Nova (Planeta, 2012) é o seu primeiro romance.

FICÇÃO ESTRANGEIRA 
Título: Rejeitada - Uma noite - vol. 2
Autor: Jodi Ellen Malpas
N.º de Páginas: 424
PVP: 18,85 €
Nas livrarias a partir de 6 de Maio 

Acaba de chegar o aguardado segundo livro da nova série que põe à prova os limites do erotismo.

A paixão ardente entre Livy e Miller em A Promessa pode acabar por destruí-los neste novo romance de desejo avassalador e descobertas aterradoras.
Neste segundo livro da nova trilogia erótica, da mesma autora de Este Homem, a história de amor entre Miller e Livy continua com alguns percalços.
Livy quer dedicar-se de corpo e alma a este homem fascinante, mas descobre uma faceta de Miller que a faz sentir rejeitada. Um romance povoado de personagens fascinantes, com uma história de amor intensa que vai deixar os leitores a suspirar pelo terceiro livro.
Autora best-seller do The New York Times e do Sunday Times. Mais de 15.000 exemplares vendidos da primeira série, em Portugal.

É incrivelmente rico, de uma beleza pecaminosa, e consegue levá-la a píncaros de prazer como nunca conheceu. Para Livy, é impossível voltar atrás. Está decidida a ser a luz que rompe as trevas da vida de Miller. Mas esta nova vida exige um preço alto…
Miller sabe que o poder de que desfruta não é isento de sacrifícios, mas não está disposto a sacrificar Livy. Embora não deseje nada além de a poder usufruir de todas as maneiras, a sua principal obrigação é protegê-la a todo o custo… protegê-la dos seus erros, dos seus inimigos e de si próprio.
Contudo, à medida que esse amor insaciável se intensifica, acabam por atrair as atenções de um perigoso terceiro elemento.
Após descobrir a respeito de Miller coisas que a abalam no mais profundo do seu ser, Livy vê-se forçada a decidir se ele está ou não perdido além da possibilidade de redenção. E ele tem de enfrentar o medo de, ao procurar salvá-la, acabar por perdê-la…

Sobre a autora:
Jodi Ellen Malpas nasceu em Northampton, onde vive com a família. Enquanto trabalhava na empresa de construção do pai foi cimentado a trama de a trilogia e criou a personagem de Jesse Ward. Em 2012 decidiu autopublicar O Amante, o primeiro livro, e a massiva resposta das leitoras motivou-a a terminar a trilogia.
Catapultada para o número 1 do The New York Times, a trilogia Este Homem converteu-se no fenómeno do ano coroando Jodi Ellen Malpas como a nova rainha do romance erótico. Mais de um milhão de leitoras apaixonaram-se por Jesse... e agora por M.

NÃO FICÇÃO
Título: Mandalas e outros desenhos zen para colorir
Autor: Antonio F. Rodriguéz Esteban
N.º de Páginas: 128
PVP: 11,65€
Nas livrarias a partir de 6 de Maio

Um livro, especialmente dirigido ao público adulto, recheado de frases inspiradoras que vão ajudar a descontrair e a serenar a mente.
Mandalas e Outros Desenhos Zen para Colorir contém belíssimas ilustrações que acabarão por se transformar em verdadeiras obras de arte.
Liberte-se do stress com este livro para colorir, que promove o relaxamento, a concentração e a criatividade.
«O Zen é a libertação do tempo. Para que quando abramos os olhos e vejamos claramente, se torne óbvio que não há outro tempo que este instante, e que o passado e o futuro são abstracções sem uma realidade concreta.» Alan Watts

«Quando a mente é pura, a alegria segui-la-á como uma sombra que nunca desaparece.» Buda

«A verdadeira viagem de descobrimento não consiste em procurar novos territórios, mas sim em ver com novos olhos.» Marcel Proust

Os mandalas ocupam um lugar especial nas representações iconográficas do budismo. Um mandala é um sistema gráfico que contém um espaço mental sagrado, um diagrama cosmológico e energético capaz de purificar a mente e reconciliar as nossas energias dispersas.
Mandala é uma palavra do Sânscrito que significa círculo, roda e totalidade.
Neste livro encontrará uma série de mandalas e outros desenhos para colorir, concebidos especialmente para poder usufruir da serenidade e relaxamento proporcionados pelo focalizar a atenção numa actividade criativa.
Colorir é uma terapia muito eficaz para combater a apatia, a tristeza ou o stress. O facto de escolher a figura que vai pintar permite equilibrar a mente e recuperar a energia. Atreva-se a explorar a dimensão de cor e atenção que lhe proporcionará uma sensação de serenidade incomparável.

NÃO FICÇÃO ESTRANGEIRA
Título: Quando a Desigualdade Põe em Risco o Futuro 
Autor: Yanis Varoufakis
N.º de Páginas: 192
PVP: 15,95 €
Disponível a partir de 20 de Maio

De prestigiado académico a cérebro económico do Governo grego com ideias pouco convencionais, gosta de tentar o que outros consideram impossível.
O novo ministro da Finanças da Grécia é o verdadeiro protagonista da actualidade política e económica dos últimos meses na Europa, e convida-nos a conhecer de uma forma descontraída, educativa e algo crítica uma série de questões fundamentais sobre a Economia: 
O que é a riqueza; o que é a pobreza; quando e porquê estas desigualdades se geram; o que é a relação entre poder e dinheiro; o que são os mercados financeiros, entre outros.
Este livro, com um tom ligeiro mas informado, recorre a exemplos do cinema e da literatura para ilustrar as realidades tratadas.
Um livro que, graças à sua linguagem informal e acessível, se dirige a todos os leitores, mesmo aos menos familiarizados com a terminologia económica, mas interessados em perceber o funcionamento dos mecanismos que regem a economia global. 
Yanis Varoufakis assume a responsabilidade de explicar às gerações futuras, aqui representadas pela filha adolescente, de onde procede esta profunda crise económica e os valores que não têm de aceitar como um legado.

Desde que em 2008 a crise financeira começou a afectar o mundo, a economia tornou-se o foco das nossas preocupações e das nossas conversas. É por isso que, mais do que nunca, é necessário uma «economia sem gravata», longe da linguagem técnica e formal, para explicar questões tão fundamentais como a razão para a existência de riqueza e pobreza, quando se geraram as desigualdades, qual é a relação entre poder e dinheiro, ou por que é que a dívida gera a fortuna de outros.
O seu estilo despojado, sempre de sorriso aberto e sem gravata fá-lo destacar-se num contexto tradicionalmente formal e «cinzento». O livro faz um retrato claro do estado da Europa, em particular, e da Economia, em geral.
Crítico de keynesianos e neoliberais, Varoufakis colabora como analista económico em vários meios de comunicação, como BBC, CNN e Sky News, sendo igualmente conhecido pelo seu blog (yanisvaroufakis.eu), em que analisa a actualidade política e económica de uma perspectiva pessoal.

Sobre o autor:
Yanis Varoufakis (Atenas, 1961) é economista, professor universitário e autor de vários livros sobre economia e questões sociais. Em Janeiro de 2015, após as eleições parlamentares gregas em que o Syriza tomou o poder, foi nomeado ministro das Finanças da Grécia e, como tal, responsável pelas negociações com a Troika sobre a delicada situação do país, o que o catapultou para a vanguarda do interesse dos media.


Titulo: Mandalas e Outros Desenhos da Selva Para Colorir
Autor: Antonio F. Rodriguéz Esteban
N.º de Páginas: 128
PVP: 11,65€
Nas livrarias a partir de 20 de Maio

Um livro, especialmente dirigido ao público adulto, recheado de frases inspiradoras que vão ajudar a descontrair e a serenar a mente.
Mandalas e Outros Desenhos da Selva para Colorir contém belíssimas ilustrações que acabarão por se transformar em verdadeiras obras de arte.
Liberte-se do stress com este livro para colorir, que promove o relaxamento, a concentração e a criatividade.
«A alma é a mesma em todas as criaturas, ainda que o corpo de cada uma seja diferente.» Hipócrates

«As crianças e os animais entendem melhor a minha música.» Igor Stravinsky

Os mandalas ocupam um lugar especial nas representações iconográficas do budismo. Um mandala é um sistema gráfico que contém um espaço mental sagrado, um diagrama cosmológico e energético capaz de purificar a mente e reconciliar as nossas energias dispersas. Mandala é uma palavra do Sânscrito que significa círculo, roda e totalidade.
Neste livro encontrará uma série de mandalas e outros desenhos para colorir, concebidos especialmente para poder usufruir da serenidade e relaxamento proporcionados pelo focalizar a atenção numa actividade criativa. Colorir é uma terapia muito eficaz para combater a apatia, a tristeza ou o stress. O facto de escolher a figura que vai pintar permite equilibrar a mente e recuperar a energia.
Atreva-se a explorar a dimensão de cor e atenção que lhe proporcionará uma sensação de serenidade incomparável.

FICÇÃO ESTRANGEIRA
Título: Pede-me o que quiseres ou deixa-me
Autor: Megan Maxwell 
N.º de Páginas: 392
PVP: 17,76 €
Nas livrarias a partir de 07 de Maio

O romance erótico mais quente do ano, chega agora ao fim.
O último livro desta trilogia realmente escaldante vai voltar a deixar os leitores a desejar que não acabe.

Amor, sexo e luxúria sem limites para ler sem moderação.
Pede-me o Que Quiseres, Ou Deixa-me é uma intensa história de amor, povoada de fantasias sexuais, tensão e erotismo, onde os protagonistas tratam por tu a paixão.

Uma história cheia de encontros e desencontros, na qual os jogos eróticos, o voyeurismo e o desejo de ultrapassar todos os limites do prazer têm o papel principal. Pede-me o que Quiseres arrasou os tops de venda em Espanha, com mais de 140.000 exemplares, em apenas seis meses. Os dois primeiros livros da série chegaram ao top dos livros mais vendidos em Portugal.

Judith e Eric regressam da viagem de lua-de-mel depois de um casamento de sonho. Ele sente-se o homem mais feliz do universo e não imagina a vida sem ela: apesar disso, os ciúmes e o desejo de a proteger assolam-no repetidamente.
Por seu lado, Judith está maravilhada com o seu Iceman e tenta ver sempre tudo pelo lado positivo, embora em mais de uma ocasião fique com o pescoço cheio de chupões…
Desfruta de Eric e dos jogos sexuais, excepto quando ele lhe sussurra que um dos seus maiores desejos é ter um filho com ela.

Sobre a autora:
Megan Maxwell é uma reconhecida e prolífica escritora do género romântico. Filha de mãe espanhola e pai americano publicou vários romances.
Em 2010 ganhou o Premio Internacional Seseña de Novela Romántica; em 2010, 2011 e 2012 recebeu o Premio Dama de Clubromantica.com; em 2013 o Aura Galardão do Encuentro Yo Leo RA. 
Vive numa encantadora aldeia nos arredores de Madrid, na companhia do marido, dos filhos, do cão Drako e do gato Romeo.
Encontrará mais informação sobre a autora e a sua obra em www.megan-maxwell.com

JUVENIL
Título: One Direction - O Livro Oficial de 2014
N.º de Páginas: 64
PVP: 11,99€
Disponível a 07 de Maio 

Depois dos êxitos estrondosos dos livros Atreve-te a Sonhar, com três edições esgotadas, e Onde Estamos, ambos com mais de 10.000 exemplares vendidos, chega agora este novo livro, de capa dura, com as novidades do último ano da banda mais famosa do momento.

O fenómeno 1D continua a dar que falar e a deixar as fãs a suspirar.
Descubra agora tudo o que aconteceu no último ano aos cinco rapazes mais famosos do Planeta, neste livro que os verdadeiros fãs vão querer ler antes de assistir ao tão esperado concerto, em Julho no Porto.
Neste livro as fãs vão acompanhar os One Direction ao topo do Mundo.
Vão acompanhá-los na sua caminhada de fama e talento e ficar mais perto de cada um dos cinco rapazes britânicos.
Vão saber tudo sobre os bastidores das filmagens de One Direction: This is Us, «o melhor filme de sempre da História».
Vão desvendar segredos de estilo de cada um deles.

Vão saber como é a vida em digressão, as suas influências musicais e também o trabalho em que eles se empenham em prol das crianças pobres e doentes, levando-lhes alegria.
Este livro inclui
. Centenas de fotos exclusivas.
. Novas entrevistas.
. Divertidos testes sobre estes ídolos.

Formados em 2010, os londrinos One Direction são um quinteto composto por Harry Styles, Liam Payne, Louis Tomlinson, Zayn Malik e Niall Horan.
O primeiro álbum, Up All Night, foi o n.º 1 em doze países, incluindo os Estados Unidos, onde foi a primeira banda europeia a entrar directamente para o 1.º lugar do top dos mais vendidos.

Título: Destinos Interrompidos
Autor: Lissa Price
N.º de Páginas: 352
PVP: 17,76€
Disponível a partir de 2 de Maio 

Assustador, emocionante, intenso e com uma história que vai deixar os leitores aos saltos.
O romance de estreia de Lissa Price, a que a crítica não poupou elogios, considerando-o um digno sucessor de Jogos da Fome, tornou-se em poucos meses num best-seller de vendas, com os direitos de publicação já vendidos para 25 países e os direitos para filme comprados pela Warner. 

VENDERIA A SUA JUVENTUDE PARA SOBREVIVER?
A Guerra dos Esporos matou todos aqueles que tinham mais de vinte anos e menos de sessenta. A Destinos Primordiais aluga corpos adolescentes aos Terminantes, seniores com centenas de anos que querem ser jovens outra vez. É a partir deste cenário perturbador que Lissa Price constrói a acção desta distopia, que se passa num hipotético futuro, talvez não muito distante, que nos faz pensar que poderá de facto acontecer.
Uma história inteligente, uma narrativa ágil e fluída, uma trama viciante que a autora conseguiu combinar com mestria e que prende o leitor até à última página.
«Esta história é daquelas que nada é o que parece com várias identidades misteriosas e cenas de perseguição dignas de um filme de Hollywood…» Booklist

«A única coisa melhor do que um conceito fantástico é o que é tão bem executado como Destinos Interrompidos. Os leitores que têm esperado um digno sucessor de Suzanne Collins vão encontrá-lo aqui. Uma distopia no seu melhor, um excelente pontapé de saída que vai deixar os leitores aos saltos.» Los Angeles Times
«O lançamento desta série distópica oferece-nos uma mestria notável da técnica e levanta pertinentes questões sobre classes sociais, o corpo como propriedade e a mente como separação. Price apresenta uma bem trabalhada tensão, vilões credíveis, e momentos de doçura roubados.» Publishers Weekly

Este romance, que se transformou de imediato num êxito de vendas, já garantiu a sua adaptação para cinema. Uma aventura pós-apocalíptica onde os jovens têm de lutar contra uma sociedade fascinada pelas aparências e que se aproveita deles. Uma sociedade onde a juventude é o bem mais apreciado e uma verdadeira mercadoria.
Callie tem dezasseis anos e vive com Tyler, o irmão mais novo, e Michael, um amigo, nos escombros da cidade de Los Angeles. Quando as Guerras dos Esporos rebentaram, matando todos aqueles que tinham mais de vinte anos e menos de sessenta, Callie perdeu os pais. Como muitos outros Iniciantes, teve de aprender a sobreviver, ocupando prédios desabitados, roubando água e alimentos, fugindo aos Inspectores e combatendo os Renegados.
Para tirar Tyler das ruas e garantir ao irmão uma vida melhor, Callie só vê uma solução: oferecer a sua juventude à Destinos Primordiais, uma empresa misteriosa que aluga corpos adolescentes aos velhos Terminantes — seniores, com centenas de anos, que querem ser jovens outra vez. A vida quase parece um conto de fadas, até Callie descobrir que a sua locatária não quer apenas divertir-se e que, no mundo perverso da Destinos Primordiais, a sobrevivência é apenas o começo.

Sobre a autora:
Lissa Price estudou fotografia e escrita, mas o mundo acabou por ser o seu maior professor. Andou com os elefantes no Botswana, nadou com os pinguins nos Galápagos, viu o pôr do Sol num campo com duzentos nómadas em Gurajat, na Índia. Foi cercada por centenas de búfalos-do-cabo na África do Sul e assistiu a um coro quase silencioso de uma centena de golfinhos selvagens na costa de Oahu. Dançou em cabanas de barro em casamentos na Índia e bebeu chá com a mais famosa personalidade viva no Kyoto.
Quando se sentou para escrever, percebeu que a mais surpreendente viagem estava dentro da sua cabeça.Vive no sopé das colinas no Norte da Califórnia com o marido e os ocasionais veados.
Visite Lissa em www.lissaprice.com

Lissa Price estará em Lisboa nos dias 13 a 15 de Maio para a apresentação deste seu primeiro livro


Título: Glyrmandia
Autor: Rebeca Amorim Csalog
N.º de Páginas: 320
PVP: 15,50 €
Disponível a 2 de Maio

Uma aventura emocionante num reino mágico.
Um mundo paralelo onde a fantasia é a realidade. 

Rebeca Amorim Csalog estava longe de imaginar que aquilo que começou por ser um simples trabalho de casa da disciplina de Português, no 6.º ano, se transformasse no maior desafio da sua vida. «Escrevi aquele que era o livro que eu gostava de ter lido na altura, com 12 anos, quando era uma devoradora de tudo o que era fantasia. Na verdade tudo isto foi uma enorme aventura, digna de se contar noutra história, e estou felicíssima por ter tido o privilégio de a viver!»
Os talentos de Rebeca não se esgotam na escrita, a música é outra das suas paixões. Intérprete de harpa e violino tem já uma carreira internacional reconhecida e premiada. Glyrmandia é uma aventura imparável, uma luta do Bem contra o Mal, contada na perspectiva de um herói português.
Uma aventura com todos os ingredientes dos clássicos do género: dragões, magia, perigo e batalhas. Uma história sobre a importância do trabalho em equipa e uma equipa de jovens heróis e heroínas dos cinco continentes. Uma história de crescimento, escrita por quem está a crescer, para quem está a crescer.

Os jovens leitores que gostaram de Nárnia e da Terra Média, não podem deixar de ler este livro. Daniel tem 13 anos e vai pela primeira vez à Índia com os pais e a irmã, visitar a avó. Mas, a meio da viagem, o comboio é atacado por rebeldes e Daniel dá por si sozinho, perdido no meio da selva indiana. A partir daqui, Daniel entra numa aventura que o leva a ele e a um grupo de jovens, que também foram recrutados para uma missão tão cheia de perigos como de maravilhas, a conhecer o mundo paralelo de Glyrmandia.
Uma Criança, sábia e todo-poderosa, reina em Vissok Melleteton e precisa de segurança para poder crescer e manter assim o equilíbrio entre os mundos. Conseguirão Daniel e seus companheiros salvar Glyrmandia – e a si próprios – dos planos do infeliz e maléfico Raikzar? E conseguirão voltar para as suas famílias, ou mergulharão para sempre no negrume que ameaça a luminosa Glyrmandia?
Tudo depende deles, e terão de o fazer em conjunto!

Sobre a autora:
Filha de músicos, Rebeca Amorim Csalog nasceu em 14 de Janeiro de 1996, em Lisboa, onde vive. Começou a estudar violino aos três anos. Aos seis, entrou no Conservatório, onde escolheu como instrumento principal a harpa, e o violino como instrumento secundário. Como harpista, ganhou já prémios internacionais e actuou com músicos conceituados.
Frequenta também aulas de canto no Coro Especial do Conservatório e é membro do Coro Infantil da Universidade de Lisboa, com o qual já fez inúmeros concertos por todo o país e no estrangeiro. Gosta de ler, desenhar, andar a cavalo, estar com os amigos e escrever – herança do avô, famoso escritor húngaro, quem sabe?

QUEM É REBECA AMORIM CSALOG
Por Rebeca Amorim Csalog

Venho de uma família de músicos: mãe, padrasto, pai e madrasta, incluindo os seus filhos e um tio. Cresci rodeada de música e de histórias de aventura – as preferidas da minha mãe.
Herdei da minha mãe o seu gosto por ouvir histórias, e, quem sabe, o amor pela escrita que o meu avô paterno, escritor húngaro conhecido, tinha. Gosto de tudo o que é arte e de tudo o que é belo. Por isso desenho, canto, escrevo, toco harpa, e também já dancei e representei.
Adoro viajar e conhecer novos lugares e culturas, procurando aventuras sempre de mochila às costas e sem luxos. Tenho um grande amor por animais e pela natureza, em especial por cavalos, e pratico equitação para ter um contacto mais próximo com estes animais, mas também por me dar uma sensação de adrenalina que adoro.
Procuro desafios o tempo todo, na verdade, nunca paro quieta um segundo, tenho sempre mil coisas que quero fazer e outras mil que quero experimentar. Nunca tenho tempo para descansar, e quando o tenho, arranjo imediatamente alguma coisa para me entreter – não sei o que é estar parada. Adoro criar, aprender e conhecer, e o meu maior desejo seria ter mais tempo para realizar todos os meus desejos!
Este livro, Glyrmandia, foi um deles, que felizmente se realizou, e que representou um dos maiores desafios que já experienciei.
Começou por ser um simples trabalho de casa de três páginas no 6º ano, em que tínhamos que contar uma história de aventura. Como sempre, entusiasmei-me e, quando dei por mim, já tinha quase vinte páginas e a minha história apenas começara…Demorei quase dois anos a acabá-lo e mais um e tal a rever tudo, o que foi um trabalho exaustivo.
Escrevi aquele que era o livro que eu gostava de ter lido na altura, com 12 anos, quando era uma devoradora de tudo o que era fantasia. Na verdade tudo isto foi uma enorme aventura, digna de se contar noutra história, e estou felicíssima por ter tido o privilégio de a viver!
Com este desafio ultrapassado, agora tenho de arranjar um próximo…


Título: Crime e Castigo - O Povo não é Sereno
Autor: Pedro Almeida Vieira
N.º de Páginas: 232
PVP: 16,65 € 
Disponível a 2 de Maio

Com o fino humor, o rigor histórico e a escrita irónica a que Pedro Almeida Vieira já nos habituou, este segundo volume de Crime e Castigo apresenta alguns dos casos mais célebres de crimes económicos, atentados contra figuras do Estado, conspirações contra reis e sublevações nas colónias. Um retrato feito de dor e sangue que percorre, em 25 narrativas, crimes e castigos num país que afinal nunca foi de brandos costumes.

«O livro de Pedro Almeida Vieira, que tem nas mãos e se recomenda, não nos conta um homicídio ou os dramas individuais de um criminoso, mas sim um enorme número de homicídios e casos criminais reais em que criminosos e julgadores se confundem numa fascinante amálgama de violência e vingança.» Francisco Teixeira da Mota, in Prefácio

Em Portugal diz-se que o respeitinho é muito lindo. Mas nunca foi muito praticado. Em tempos passados, mesmo com uma Justiça justiceira, que mandava matar à mínima suspeita, os portugueses tinham forças e artes para se manifestarem, revoltarem, conspirarem e aldrabarem as autoridades. Quando apanhados, raramente havia clemência: tortura, degredo, forca, decepamentos, fuzilamentos e o mais que houvesse à mão.
O subtítulo deste livro não é ingénuo: todos os portugueses se lembram do famoso apelo de Pinheiro de Azevedo à multidão, da janela dos Paços do Concelho: «O povo é sereno». Essa imagem de um povo manso tem sido contrariada em muitas ocasiões da História: seja pelos crimes que o «bom povo» planeia, sejam pelas penas que eram aplicadas a esses crimes.
O Povo não é Sereno parece, neste momento particular da nossa História, um apelo à resistência, contra todas as facas que nos espetam quotidianamente na nossa auto-estima e na nossa capacidade de sobrevivência.

Ao ler esta recolha, é fácil perceber como a corrupção dos poderes não é invenção de hoje, como o dinheiro sempre foi desviado do bem comum em muitas direcções e como o povo às vezes se esquece de que «é sereno» e se revolta para defender os seus direitos.
O primeiro volume desta obra, Crime e Castigo no País dos Brandos Costumes, publicado em Abril de 2011, integra um conjunto de 30 narrativas que retratam crimes passionais, banditismo e associação criminosa, homicídios repugnantes, assaltos a igrejas e outros crimes religiosos (Inquisição), com o denominador comum da condenação à pena capital dos seus autores. O autor demonstra, uma vez mais, mas neste segundo volume com especial força em relação aos dias que vivemos em Portugal, que a História é um livro aberto para interpretarmos o presente e a memória é uma arma de consciência e de defesa inestimável para não cairmos nos mesmos erros vezes sem conta...

Sobre o autor:
Nasceu em Coimbra em Novembro de 1969 e vive em Lisboa. Licenciado em Engenharia Biofísica pela Universidade de Évora, tem repartido a sua actividade pelo jornalismo, a escrita e a investigação académica. Foi jornalista da revista Grande Reportagem e do Expresso. No ensaio, publicou O Estrago da Nação (2003) e Portugal: O Vermelho e o Negro (2006).
Na ficção, estreou-se com Nove Mil Passos (2004), a que se seguiu O Profeta do Castigo Divino (2005), A Mão Esquerda de Deus (2009, finalista do Prémio Literário Casino da Póvoa / Correntes d’Escritas) e Corja Maldita (2010). Em 2012 foi responsável pela redescoberta, fixação de texto e notas de O Estudantede Coimbra, o pioneiro romance moderno português, de Guilherme Centazzi. Criou e gere a biblioHistória, a primeira base de dados de literatura histórica.
Visite o sítio do autor em: www.pedroalmeidavieira.com

Sobre o ilustrador:
Enio Squeff nasceu na cidade brasileira de Porto Alegre em 1943 e vive em São Paulo. Formou-se em Jornalismo na Universidade Federal do Rio Grande do Sul e iniciou a sua vida profissional na revista Veja, passando depois pelo jornal O Estado de São Paulo, e Folha de São Paulo. Para além da pintura, ilustrou já cerca de uma centena de livros. Iniciou em 2010 uma colaboração com o escritor Pedro Almeida Vieira, tendo ilustrado uma reedição do romance O Profeta do Castigo Divino e os dois volumes de Crime e Castigo no País dos Brandos Costumes.

Título: Um Desastre Maravilhoso
Autor: Jamie McGuire 
N.º de Páginas: 344
PVP: 17,76 €
Disponível a 2 de Maio 

Um livro que começou por ser autopublicado na Amazon pela autora, e que rapidamente se transformou num fenómeno internacional, sendo
já best-seller do The New York Times e do USA Today

Um romance cheio de situações limite.
Uma montanha-russa de emoções.
Um livro sexy e viciante.

Quando se mergulha no mundo de Um Desastre Maravilhoso, fica-se irremediavelmente seduzido por uma história que pode ser doce e romântica, mas que é também obsessiva e disfuncional. Pleno de romance, paixão e reviravoltas inesperadas, foi um dos livros mais disputados na Feira de Frankfurt do ano passado, está traduzido em mais de vinte idiomas, e os seus direitos para filme já foram adquiridos pela Warner Bros.
«Desastre Maravilhoso é altamente viciante. Maravilhosamente sexy, maravilhosamente intenso e maravilhosamente perfeito.» Jessica Park, autora best-seller do The New York Times
O segundo livro da série acabou de ser publicado nos Estados Unidos e entrou directamente para o n.º1 do top de vendas. 

«Este livro poderia vir com o seguinte aviso aos leitores: este romance é esmagadoramente absorvente e não conseguirá fazer mais nada até terminar a sua leitura. A Book Whisperer recomenda-o oficialmente como LIVRO OBRIGATÓRIO.»Book Whisperer Reviews

A Boa Rapariga: Abby Abernathy não bebe, não pragueja e trabalha muito. Está enterrada no nefasto passado, mas, quando entra no colégio, os seus sonhos de um novo começo sofrem um desafio numa noite. O Mau Rapaz: Travis Maddox, sensual, atlético e coberto de tatuagens é exactamente o que Abby precisa – e quer – evitar. Ele passa as noites a ganhar dinheiro num clube de combate e os dias no colégio Lothario. Desastre Iminente?... Intrigado pela resistência de Abby ao seu charme, Travis entra na sua vida por uma aposta. Se perder, deverá viver em celibato durante um mês. Se Abby perder, terá de viver no apartamento de Travis por um período semelhante.
…Ou o Princípio de Algo Maravilhoso? Travis não faz ideia de que encontrou uma parceira de jogo à altura. Ou será o princípio de uma relação obsessiva que irá conduzi-los a um território inimaginável…

Sobre a autora:
Autopublicou Um Desastre Maravilhoso, que conseguiu ser best-seller do New York Times e do USA Today. É também autora da série Providence. Licenciou-se no Northern Oklahoma College em Ciência Aplicada de Radiografia e vive com as duas filhas em Oklahoma. É escritora a tempo inteiro e trabalha actualmente em vários projectos.
Visite o seu sítio em: www.jamiemcguire.com

FICÇÃO ESTRANGEIRA 


Título: Um Amor ao Luar
Autor: Emma Wildes
N.º de Páginas: 296
PVP: 17,76 €
Disponível a partir de 21 de Maio

Um livro verdadeiramente romântico e sensual.»Publishers Weekly

A premiadíssima autora, que conta com uma legião de fãs em Portugal, regressa com um novo livro, o primeiro de uma nova série Whisper of Scandal.
Emma Wildes é já uma referência no romance histórico feminino, e seduziu irremediavelmente os leitores portugueses com os oito livros anteriores, já publicados pela Planeta.
Dona de uma escrita envolvente, que combina na dose certa sensualidade e erotismo, Emma Wildes apimenta esta história de época com muito sexo e paixões avassaladoras até à última página. 
Emma Wildes mostrou mais uma vez a sua capacidade para apresentar novas variações do romance em todas as suas infinitas formas. Esteja preparado para sentir crescer as suas paixões, ao ler as cenas de amor maravilhosamente escritas.» Just Erotic Romance Reviews
«Único, magistralmente escrito e viciante.» TwoLips Reviews

«Perversamente deliciosa e ousada, a narrativa de Emma Wildes cativa com uma fantasia erótica que é ao mesmo tempo um romance da época da Regência habilmente trabalhado. A autora apresenta uma obra irresistível que capta a época, os costumes e o comportamento escandaloso que se esconde abaixo da superfície.»Romantic Times

Como reagirá a sociedade quando os seus diamantes de primeira água são apanhados em situações comprometedoras, uma após outra? Conseguirão as jovens senhoras sobreviver à temporada com a reputação intacta ou… causarão os mexericos escandalosos que as rodeiam a sua derradeira desgraça?
Quando Lady Elena Morrow, a beldade reinante do ton, de súbito desaparece, a família está desesperada para a encontrar e, para impedir que a história alastre pela sociedade londrina como um rastilho, antes que a sua reputação seja destruída. Infelizmente, pode ser impossível evitar um escândalo. O visconde Andrews, mais conhecido como o Corvo, o libertino mais célebre de Londres, desapareceu no mesmo momento. Benjamin Wallace, lorde Heathton, está mais habituado a resolver problemas políticos do que os do coração. Mas quando é pressionado para ajudar a encontrar Lady Elena, não pode recusar - o pai desvairado também é tio da sua esposa.
Agora tem de encontrar a bela debutante antes que a associação com o desaparecimento de Andrews lhe ponha fim à inocência – presumindo que a jovem e vulnerável senhora queira ser encontrada…

Sobre a autora:
Emma Wildes cresceu a devorar livros e a escrita nasceu naturalmente. Estudou na Universidade de Illinois é e licenciada em Geologia. Vive em Indiana com o marido e três filhos. Foi a autora n.º 1 do Fictionwise, WisRWA Reader’s Choice Award, vencedora na categoria de Romance Histórico em 2006, do Lories Best Published, e em 2007 vencedora do Eppie para o melhor romance erótico.
Livros publicados pela Planeta: Uma Aposta Perversa, Lições de Sedução, Um Homem Imoral, Um Erro Inconfessável, Pecados Escondidos, Sussurros Ousados, Traída pelo Destino e Paixão Escandalosa.Descubra mais sobre a autora no seu sítio na internet:www.emawildes.com


Título: A Revelação
Autor: Lissa Price
N.º de Páginas: 280
PVP: 18,85€
Disponível a partir de 21 de Maio 

Se leu o primeiro livro desta série e ficou com o coração aos saltos, não vai querer perder o grande final desta distopia, que se tornou em poucos meses num best-seller de vendas, a que a crítica não poupou elogios, considerando-o um digno sucessor de Jogos da Fome.

Assustador, emocionante, intenso e com uma história que se passa num hipotético futuro, talvez não muito distante, que nos faz pensar que poderá de facto acontecer. Uma aventura pós-apocalíptica onde os jovens têm de lutar contra uma sociedade fascinada pelas aparências e que se aproveita deles. Uma sociedade onde a juventude é o bem mais apreciado e uma verdadeira mercadoria.
Uma história inteligente, uma narrativa ágil e fluída, uma trama viciante que a autora conseguiu combinar com mestria, e que prende o leitor até à última página.
Este romance, que se transformou de imediato num êxito de vendas, já garantiu a sua adaptação para cinema.

«A única coisa melhor do que um conceito fantástico é o que é tão bem executado como Destinos Interrompidos. Os leitores que têm esperado um digno sucessor de Suzanne Collins vão encontrá-lo aqui. Uma distopia no seu melhor, um excelente pontapé de saída que vai deixar os leitores aos saltos.» Los Angeles Times

«O lançamento desta série distópica oferece-nos uma mestria notável da técnica e levanta pertinentes questões sobre classes sociais, o corpo como propriedade e a mente como separação.» Publishers Weekly

O FIM ESTÁ PRESTES A CHEGAR
Com o fim da Destinos Primordiais, Callie já não tem de alugar o seu corpo a sinistros Terminantes. Mas o neurochip que lhe implantaram no cérebro torna-a vulnerável a todos os que quiserem entrar dentro da sua cabeça e obrigá-la a fazer coisas contra a sua vontade. Os Iniciantes que contêm este chip tornam-se cobaias nas mãos dos mais poderosos Terminantes, e alguém anda a fazer explodir os dispositivos, transformando-os em bombas humanas. Callie continua a ser perseguida pela voz do Velho, bem como pelas memórias da sua ex-locatária, Helena. Determinada a vencer o medo e dar uma vida normal ao irmão, Callie decide ripostar. Um aliado improvável associa-se à sua busca. Encontrar o Velho e travá-lo talvez seja uma sentença de morte, mas ela está disposta a tudo para descobrir a verdade.

Sobre a autora:
Lissa Price estudou fotografia e escrita, mas o mundo acabou por ser o seu maior professor. Quando se sentou para escrever, percebeu que a mais surpreendente viagem estava dentro da sua cabeça. Vive no sopé das colinas no Norte da Califórnia com o marido e os ocasionais veados.
Visite Lissa em www.lissaprice.com

JUVENIL 
Título: Mistério no Museu de Arte Antiga
Autor: Patrícia Reis
N.º de Páginas: 112
PVP: 8,50 €
Nas livrarias a partir de 21 de Maio 

O primeiro livro da série de grande sucesso entre os mais novos, O Diário do Micas, esgotado no mercado, agora recuperado pela Planeta

Um livro divertido e didáctico, que integra o Plano Nacional de Leitura, tal como toda a colecção, que dá a conhecer os museus e espaços culturais portugueses com humor, leveza e muito mistério.

Micas e os seus amigos são um grupo de miúdos curiosos e que aprendem imenso «ao vivo» com estas aventuras, onde há desde os «cromos» sabichões até aos que têm muitas dificuldades na escola. Uma série que integra como heróis crianças comuns e descontraídas, e que vai ajudar os jovens leitores a conhecerem mais um espaço cultural português, de uma forma divertida e cheia de aventura.
Neste primeiro livro o palco da aventura é um local emblemático de Lisboa, o Museu de Arte Antiga.

Nas férias, o Micas costuma ir com o avô, que é jardineiro, para o Museu Nacional de Arte Antiga, onde ele trabalha. É um bocado chato, na verdade – uns toques na bola com amigos de ocasião, e mais nada...
Mas este ano, o avô resolve inscrevê-lo num programa de actividades de Verão que a Directora do Museu criou para os mais novos.
Surpresa das surpresas, o Gugas, o seu melhor amigo, também se inscreve! E, para ajudar, no grupo de inscritos há benfiquistas e miúdas giras.
A coisa prometia um Verão bem mais animado, mas nada que se comparasse ao que os aguardava, quando, dias mais tarde, o Museu é virado do avesso por um mistério que o grupo se une para resolver...
Tal como em todos os volumes da série, o livro termina com um glossário de termos e factos envolvidos na história, fornecendo informação útil e rigorosa.

Sobre a autora:
Nasceu em 1970, começou a sua carreira jornalística em 1988 no semanário O Independente, passou pela revista Sábado e realizou um estágio na revista norte-americana Time, em Nova Iorque. De volta a Portugal, é convidada para o semanário Expresso, fez a produção do programa de televisão Sexualidades, trabalhou nas revistas Marie Claire, e Elle e nos projectos especiais do diário Público. Editora da revista Egoísta, é sócia do ateliê de design e texto 004, participando em projectos de natureza muito variada.

Sem comentários: