31 de julho de 2013

Porque os livros são a base de tudo


26 de julho de 2013

Mistérios da vida...


21 de julho de 2013

Citação do dia:


18 de julho de 2013

Citação do dia:


Não se deite na cama errada

Título: Camas Politicamente Incorrectas da Sexualidade Contemporânea 
Autor: Eugénia de Vasconcellos 
N.º de Páginas: 152
PVP: 13,99 € 
Género: Não Ficção/Sexualidade/Feminismo 
Nas livrarias a 11 de Julho 

«Qual é afinal o drama de ser uma mulher objecto?
Não gostou de brincar com as suas bonecas? Eles também gostam: somos nós. 
Vingue-se, chame-lhe Ken. Sussurre-lhe ao ouvido: meu Action Man» 
Eugénia de Vasconcellos

Sinopse: 
Em que camas andamos a deitar-nos? Eugénia de Vasconcellos deita-nos em quatro camas politicamente incorrectas. Deitamo-nos numa cama de casal, é certo, mas uma cama de casal é para quantos? Quantas vezes nos deitamos a pensar que somos dois e descobrimos que afinal somos três? E se formos quatro? E se uma cama de dois não for sempre a mais feliz das camas? 

Deitamo-nos em quatro camas. Numas há escândalo, noutras frustrações, em muitas há pecado e culpa. Agora, digam: se uma cama não for uma cama de religião, arte e emoções, se para a cama não levarmos pensamento e os cinco sentidos, poderá essa cama ser uma cama de desejo? 

A cama em que nos deitamos é antiquíssima. Este é o livro que vai deitá-lo numa cama de bom sexo, colchão e lençóis novíssimos. 

Sobre a autora: 
Eugénia de Vasconcellos tem 45 anos - e gosta: diz que, para uma maioria de pessoas, os vinte e os trinta são uma chatice formativa de onde, às vezes, não se sai jamais. Porém dos enta em diante, a idade oferece a possibilidade de retorno à la carte ao paraíso adâmico, risonho e vagamente perverso, da infância. Com a vantagem de se regressar com uma biblioteca, não apenas de livros, mas daquilo de que eles são feitos no lugar mais interno das palavras: a vida por todos os lados e a arte nos espaços em branco. O Amor. Diz estar convicta de que melhor do que os 45 só os 46, 47 e por aí adiante. E que da sua boca não sai, ai quem me dera ter outra vez vinte anos. Só um: ai quando tiver cinquenta... 
Está segura de ter muita sorte: o melhor Cão do mundo é o seu. A melhor mãe e a melhor irmã. E os melhores diabinhos, perdão, sobrinhos, também. As melhores amigas. 
Se no cinema do céu caiu uma estrela, a ela caem-lhe pessoas com estrela. Podia cantar-lhes Cole Porter e Sinatra: you´re the top, you´re coliseum… 
Estudou Língua e Cultura Portuguesa e Psicologia Clínica. Todavia muito contrariada, já que na sua opinião, o ensino foi desperdiçado em si, excepto nos anos de colégio Católico e exclusivamente feminino onde aprendeu tudo o que ainda hoje lhe interessa: ler, ouvir, ver, e ganhar a corrida a que dá tem valor: a de fundo. 
Católica, diz não acreditar em Deus, sem mais. Acredita, sim, no amor e no poder de Deus manifestado no que de melhor o ser humano é, faz. 

17 de julho de 2013

Debate em torno da obra «Ser Espiritual - Da Evidência à Ciência» de Luís Portela - FNAC



logoTopoTitle
Eventos




DEBATE

DEBATE em torno do livro Ser Espiritual - Da Evidência à Ciência de Luís Portela - FNAC NORTESHOPPING - PORTO

Debate em torno do livro Ser Espiritual – Da Evidência à Ciência de Luís Portela, no dia 18 de Julho de 2013, quinta-feira, pelas 21.30 horas, na FNAC NorteShopping (Rua Sara Afonso, n.º 105-117, Senhora da Hora), no Porto

O debate contará com as intervenções do Autor e dos psiquiatras Eurico de Figueiredo e Rui Mota Cardoso.

Seguir-se-á uma sessão de autógrafos.

A ENTRADA É LIVRE.


Acqua Toffana, de Patrícia Melo, a 9 de agosto nas livrarias

Título: Acqua Toffana
Autor: Patrícia Melo
Género: Romance
N.º de páginas: 168
Data de lançamento: 9 de agosto
PVP: 14,40 €

Uma mulher suspeita que o marido a trai e procura a polícia, convencida de que ele é também o brutal assassino de mulheres que habita as manchetes dos jornais.
O funcionário de um cartório, pai de família aparentemente exemplar, vê a sua vida transformar-se diante do ódio incontrolável que o faz aproximar-se de uma vizinha para planear minuciosamente a sua morte.
Ciúme e ódio, testemunha e perpetrador, em duas narrativas paralelas – que se cruzam de forma inesperada – e em que o sexo surge como o poderoso elo entre o assassino e a vítima.

Sobre a autora:
Patrícia Melo é romancista, dramaturga, jornalista e argumentista, e uma figura de destaque na literatura brasileira contemporânea. Os seus livros foram finalistas e vencedores de importantes prémios literários dentro e fora das fronteiras do Brasil: Jabuti e Deux Óceans, entre outros.
No ano 2000, a revista Time incluiu-a na lista dos cinquenta «Líderes Latino-Americanos para o Novo Milénio».
Patrícia Melo vive atualmente entre o Brasil e a Suiça.

Citação do dia:


16 de julho de 2013

Novidades ASA: Julho


Sinopse:
A jovem Sapna está destroçada. Obrigada a abandonar a universidade para se dedicar a um emprego medíocre como vendedora de eletrodomésticos em Nova Deli, ela é agora a única responsável pelo sustento da mãe doente e da fútil irmã mais nova. Mesmo para um coração otimista como o seu, é cada vez mais difícil acreditar num futuro melhor… até que um dia, quando o seu desespero é absoluto, algo insólito acontece: um milionário excêntrico quer fazer dela sua herdeira. Sapna pode vir a receber mais dinheiro do que alguma vez sonhou e, com ele, mudar a sua vida e a de todos os que ama. Em troca, terá “apenas” de superar os sete testes do “livro da vida”. Sete testes sobre os quais o seu estranho benfeitor mantém segredo absoluto. Assim começa uma viagem rocambolesca que vai testar o seu caráter, a sua coragem e o seu coração. Pelo caminho, conhece pessoas inesquecíveis. De um casal de noivos em fuga a um sex symbol de Bollywood ou a uma insuspeita cleptomaníaca, todos vão, de alguma forma, transformá-la. E quando se depara com o sétimo e último teste – aquele para o qual a vida não a preparara -, Sapna questiona até que ponto será capaz de se sacrificar por um sonho. Vikas Swarup, autor de Quem Quer Ser Bilionário? – que inspirou o filme vencedor de oito Óscares e quatro Globos de Ouro – está de volta com uma história hilariante e dramática, terna e cruel, como o seu próprio país. Tanto a Índia como a sua heroína estão presas entre tradição e modernidade neste romance que nos leva questionar os nossos próprios sonhos e limites.

Sinopse:
Numa época em que a reputação de uma mulher é o seu bem mais precioso, Audrianna desafia todas as convenções. Ela é uma jovem determinada, independente… e disposta a tudo para aniquilar o seu adversário, o altivo Lord Sebastian Sommerhayes. A uni-los está um homem: o pai de Audrianna, que morreu envolto nas malhas de uma conspiração. Para Audrianna, essa tragédia significou o fim da sua inocência. Para Sebastian, que liderou a investigação, foi apenas uma morte merecida. Audrianna jurou limpar o nome do pai, mas nunca esperou sentir um desejo tão avassalador pelo homem que o arrasou. A busca pela verdade vai levá-la demasiado longe numa sociedade que é implacável perante a ousadia feminina. Ao ver-se mergulhada num escândalo que pode ser-lhe fatal, Audrianna tem apenas uma inconcebível opção… Deslumbrante é o primeiro volume da série As Flores Mais Raras. Mais uma apaixonante e sensual saga histórica pela mão da Rainha do Romance.

a_menina_sem_nomeSinopse:
Numa época em que a reputação de uma mulher é o seu bem mais precioso, Audrianna desafia todas as convenções. Ela é uma jovem determinada, independente… e disposta a tudo para aniquilar o seu adversário, o altivo Lord Sebastian Sommerhayes. A uni-los está um homem: o pai de Audrianna, que morreu envolto nas malhas de uma conspiração. Para Audrianna, essa tragédia significou o fim da sua inocência. Para Sebastian, que liderou a investigação, foi apenas uma morte merecida. Audrianna jurou limpar o nome do pai, mas nunca esperou sentir um desejo tão avassalador pelo homem que o arrasou. A busca pela verdade vai levá-la demasiado longe numa sociedade que é implacável perante a ousadia feminina. Ao ver-se mergulhada num escândalo que pode ser-lhe fatal, Audrianna tem apenas uma inconcebível opção… Deslumbrante é o primeiro volume da série As Flores Mais Raras. Mais uma apaixonante e sensual saga histórica pela mão da Rainha do Romance.

Sinopse:
Três anos após o Fim do Mundo, o silêncio reina ainda nas Catacumbas… Após a queda da Ordem, o mundo está a voltar lentamente à vida. Maddy sente-se finalmente em paz, agora que está livre das regras brutais da organização. Mas para Maggie, nascida e criada no seio da Ordem, este é um tempo de caos e desolação. Maddy e Maggie vivem a mil quilómetros de distância uma da outra mas têm uma coisa em comum: ambas nasceram com a marca das runas na pele. Um símbolo que remonta ao tempo em que o mundo era governado por deuses que habitavam Asgard. Asgard está agora em ruínas, e o poder dos deuses foi há muito destruído. Pelo menos, é o que todos pensam… Mas nada se perde para sempre. Os deuses ainda não desistiram. Eles cobiçam o poder das runas que as duas jovens detêm. Maddy e Maggie rapidamente se veem envolvidas numa luta sem tréguas que as aproximará uma da outra e na qual os seus limites serão postos à prova e as suas lealdades testadas ao limite. MAIS UMA APAIXONANTE VIAGEM AO CORAÇÃO DAS LENDAS NÓRDICAS.

9 de julho de 2013

«Os teus desejos são ordens» de M. L. Castro

Título: Os teus desejos são ordens
Autor: M. L. Castro
Género: Romance erótico
N.º de páginas: 
328
PVP: 
€ 15,90

Verónica abandona o seu país, à procura de segurança, depois de sucessivas ameaças de morte. A jornalista foge para o outro lado do mundo, contrariando aquilo que o coração e o corpo pediam. Deixa para trás um trabalho promissor, amizades inabaláveis e uma paixão arrebatadora.
No seu novo destino, Verónica acaba se deixar levar pela vertigem do desejo e da sedução, vivendo tudo o que nem a sua imaginação ousava arriscar. Entre tórridas noites e festas exuberantes, a jornalista transforma-se: muda de nome, de visual, de pele. Mas quando tudo parecia distante e um novo caminho se começava a desenhar, o melhor e o pior do seu passado decidem voltar à sua vida.
Confrontada com a maior das tentações e também com o maior dos perigos, Verónica vive momentos de sobressalto, repletos de desejo e luxúria, em que os corpos falam mais alto do que razão. Sem nunca pensar que a maior surpresa ainda estava por acontecer.
Em Os Teus Desejos São Ordens, deixe-se levar para um destino exótico, numa espiral de emoções à flor da pele. Viva um verdadeiro teste aos limites do amor e do prazer, como nunca os imaginou.

Sobre a autora:
Maria Luísa Castro é o pseudónimo de uma jornalista portuguesa, nascida em Lisboa, desde sempre apaixonada pela escrita. Tem vários livros publicados que conquistaram os aplausos da crítica e também prémios literários. Fez o percurso de muitos jornalistas da sua geração: passou pela rádio, pela televisão e pela imprensa. Neste livro, aborda a sensualidade e pelo erotismo, para a qual se inspirou no universo íntimo partilhado pelas mulheres, de todas as idades, com quem tem convivido ao longo dos últimos anos.
 

7 de julho de 2013

Booksmile: Novidades fresquinhas para umas férias divertidas!

Ler em voz alta para os filhos é uma ótima forma de despertar o interesse das crianças pela leitura. As crianças acostumam-se muito facilmente à rotina do quotidiano. Por isso, integrar no seu dia a dia momentos de leitura não será difícil se estes se tornarem uma rotina.

Ler para as as crianças fortalece o contacto social, reforça as ligações emocionais, permite às crianças viverem novas experiências, promove o interesse, aumenta as competências linguísticas (vocabulário e regras gramaticais), estimula a imaginação, melhora a concentração, entre outros benefícios. Sempre que tiver tempo, pegue num livro e partilhe momentos únicos com os mais pequenos: de manhã, à tarde ou à noite.

Com quinze histórias maravilhosas, as meninas vão entrar, através do livro As Minhas Primeiras Histórias: Meninas (9,99€, 3+), num mundo de encantar, recheado de belas fadas e doces princesas que as vão fazer sonhar. Cheias de peripécias divertidas e de histórias ternurentas, estas quinze histórias mágicas, belissimamente ilustradas, farão felizes meninas de todas as idades.


Com quinze histórias maravilhosas, os meninos vão, ao folhear As Minhas Primeiras Histórias:Meninos (9,99€, 3+), descobrir monstros, piratas valentes, exploradores intrépidos e outros amiguinhos travessos. Um livro, com belissimas ilustrações, recheado de ação e aventura. Vem juntar-te ao Roberto no seu navio pirata, ao Alexandre no foguetão que voa até à Lua e ao Jaime a brincar às escondidas!


Depois do sucesso de Escola 1: Os Piores Anos da Minha Vida e Escola 2: O Rebelde Está de Volta!, já chegou às livrarias a terceira aventura (ou desventura) de Rafe: Escola 3: As Piores Férias da Minha Vida (14,39€).

Sinopse:
«Bem, chegou o verão. Se pensas que pude finalmente livrar-me da escola e gozar umas férias à maneira, pois estás completamente enganado. Durante oito semanas, vi-me fechado num sítio chamado Campo Wannaporra, metade campo de férias e metade escola. Se já me conheces, sabes bem que sou capaz de me meter em sarilhos daqueles de fugir. Por isso, já estás a ver como estas «férias» vão acabar, ou não? Se calhar não… Mas está tudo aqui escrito. O relato de como: • Consegui fazer amigos na Aldeia dos Falhados, nomeadamente o Devora-Macacos • Aprendi que há bullies em todo o lado, até em campos de férias • Detesto expressões como «proibido», «rédea curta», «regulamentos» • Descobri que odeio urtigas, insetos (bahh!) e bróculos. Está na hora de mandar o Rafe para o Campo Wannaporra. E, acredita… não vais querer perder isto!»

De nome difícil de pronunciar, Rafe Khatchadorian, é fruto da imaginação bem fértil deJames Patterson, autor que construiu um verdadeiro império literário. Escola 3: As Piores Férias da Minha Vida, líder de vendas na Amazon. com, é o mais recente livro de James Patterson destinado ao público juvenil, autor que, segundo a Forbes, amealhou 74,5 milhões de euros de Maio de 2011 a Maio de 2012, mais do dobro que Stephen King (30,85 milhões), segundo classificado numa lista elaborada pela revista económica.

6 de julho de 2013

Quetzal Editores | Paul Bowles e Paul Theroux: duas viagens nas livrarias

Título: Comboio-Fantasma para o Oriente
Autor: 
Paul Theroux
Género: Viagens
Tradução: 
Freitas e Silva
N.º de páginas: 
496
Data de lançamento:
5 de julho
PVP: 
19,90 €
«Os nossos fantasmas podem viajar e isso é maravilhoso porque têm a companhia de Paul Theroux.» San Francisco Chronicle
«Theroux parece ter lido tudo o que de relevante se escreveu sobre viagem e consegue destilar esse conhecimento num livro denso de sabedoria mas de leitura fluida.» Time Out

Paul Theroux, um dos nomes maiores da literatura de viagens, escolhe sobretudo o comboio para as viagens que sustentam os seus projetos literários. Seguiu até ao fim da linha, até ao fim do mundo, sempre sobre carris, em O Velho Expresso da Patagónia, e foi indo o mais longe possível, para Oriente, em 1975, com O Grande Bazar Ferroviário. Três décadas depois, Theroux faz o mesmo caminho. Comboio-Fantasma para o Oriente é o relato dessa viagem. 
Trinta anos depois de ter escrito O Grande Bazar Ferroviário (publicado pela Quetzal na sequência de O Velho Expresso da Patagónia), Paul Theroux revisita os lugares da sua grande viagem pela Ásia – e encontra um mundo em mudança acelerada. A viagem deste livro reconstitui um mapa prodigioso: o da antiga União Soviética, percorrendo a Geórgia ou o Azerbaijão, visitando o escritor e prémio Nobel Orhan Pamuk na Turquia, sobrevivendo ao comboio transiberiano, respirando o pó nas estradas do Paquistão até chegar à índia e, depois, à Tailândia, à Birmânia e ao Laos, antes de cruzar as rotas da China para chegar ao Japão. Esse trajeto é literário, pessoal e um exemplo superior de reportagem sobre as mudanças que recolocaram a Ásia no nosso mundo. Mais do que isso, é um roteiro devorado pela curiosidade, pela paixão da viagem e do conhecimento – e pela inspiração que atravessa os livros de Paul Theroux como uma ventania de beleza e disponibilidade, dialogando com todos os lugares que vai conhecendo.
Comboio-Fantasma para o Oriente confirma o lugar de Paul Theroux como o mais talentoso e criativo «escritor de viagens» do nosso tempo.

Sobre o autor: 
Paul Theroux nasceu em Medford, no Massachusetts, em 1941. Frequentou as universidades do Maine e, posteriormente, do Massachusetts, e o curso de escrita criativa com o poeta Joseph Langland fê-lo descobrir que escrever era o que queria fazer na vida. Passou cinco anos em África antes de partir para Singapura, onde foi professor universitário. Paul Theroux vive atualmente entre o Cape Cod e o Havai. Entre os livros já publicados pela Quetzal contam-se Viagem por África, O Velho Expresso da Patagónia, Regresso à Patagónia, O Grande Bazar Ferroviário (considerado pelo Telegraph um dos 20 melhores livros de viagens de sempre) e A Arte da Viagem.
Título: Viagens
Autor: Paul Bowles
Género: Viagens
Tradução: Jorge Pereirinha Pires
N.º de páginas:504
Data de lançamento: 5 de julho
PVP: 19,90 €

Com Paul Theroux, Bruce Chatwin e, mais recentemente, Geoff Dyer, Paul Bowles vem agora reforçar o catálogo de viagem da Quetzal. Os textos reunidos neste livro – Viagens – foram escritos para publicações periódicas, ao longo de mais de quarenta anos. Publicá-los assim é dá-los a conhecer aos leitores de agora, permitindo-lhes que também viajem.
Entre a majestosa solidão do Saara e a tranquilidade doméstica da ilha tropical no Ceilão – propriedade extravagante e selvagem que manteve durante alguns anos na costa de Weligama –, Paul Bowles percorreu incessantemente os caminhos do globo.
Uma curiosidade inesgotável por todas as paisagens humanas e a atração por dois tipos antitéticos de paisagem geográfica, o deserto e a floresta tropical, alimentaram um fluxo constante de viagens, em que Bowles alternou a deslocação com a permanência.
Paul Bowles é um dos grandes viajantes eruditos do século XX, e o seu legado – musical e literário – sedimenta, em toda a sua originalidade, sofisticação e versatilidade, o património cultural universal. Viagens, livro inédito, reúne os relatos de mais de quarenta anos de deambulações pela Europa, África, América Central e Ásia.

Sobre o autor:
Paul Bowles nasceu no bairro de Queens, cidade de Nova Iorque. Em 1929 iniciou-se nas viagens passando uma temporada na Europa, onde conheceu e conviveu com Gertrud Stein, Jean Coeteau, Ezra Pound, Christopher Isherwood e Kurt Schwitters, entre outros. Em 931 viajou pela terceira vez para Tânger, onde viveria grande parte da vida. Em 1937 conheceu a escritora Jane Auer, com quem manteve um casamento aberto, até à morte de Jane Bowles, em 1973.
Nos anos 50, vivendo grandes períodos no Norte de África, Bowles recebeu na sua casa de Tânger as principais figuras da Geração Beat. Durante a sua longa vida de viajante e expatriado, Paul Bowles trabalhou incessantemente como escritor e compositor e viu reconhecidas as suas obras: na literatura, por exemplo, O Céu que Nos Protege, romance que ocupou o primeiro lugar da lista de best-sellers do New York Times e que foi adaptado ao cinema por Bernardo Bertolucci.
Viagens, livro inédito, que inaugura na Quetzal uma série dedicada a Paul Bowles, evidencia a aventura, o talento e a mestria que caracterizam a sua vida e obra – sempre indissociáveis.